Imagem da matéria: Binance destrói US$ 68 milhões em BNB na sua maior queima até agora
Binance Coin, a criptomoeda da exchange Binance (Foto: Shutterstock)

A Binance anunciou nesta sábado (17) a queima de US$ 68 milhões em sua criptomoeda, a Binance Coin (BNB).

A bolsa com sede em Malta disse que sua 13ª queima de tokens, que destruiu 2.253.888 BNB, ou 1,13% da oferta total, é a maior queima de todos os tempos em termos de valor em dólares e a quarta maior em termos de quantidade de BNB queimada.

Publicidade

A queima envolve a destruição do BNB, retirando-o de circulação. Queimar é o oposto de criar novas moedas. A queima ocorre periodicamente para aumentar a escassez da moeda, teoricamente aumentando o preço.

A Binance usa seus lucros para comprar Binance Coin no mercado aberto e, em seguida, queimá-la. Seu objetivo é reduzir a oferta para 100 milhões de tokens BNB. Atualmente, existem 144.406.561 BNB em circulação.

O preço do BNB subiu cerca de US$ 0,20 após a queima. Seu preço atual é US$ 30,40, com alta de 0,20% no dia e 6,5% na semana.

A Binance queima BNB a cada trimestre. No último trimestre, ele queimou 1,74% da oferta total de tokens, ou 3.477.388 tokens, no valor de US$ 60,5 milhões na época. No trimestre anterior, 3,4 milhões de tokens foram queimados, equivalente a US$ 52,4 milhões.

A Binance Coin teve um ano muito forte. Seu preço despencou em março, assim como as outras moedas, em meio às incertezas do mercado causadas pela pandemia do coronavírus, de cerca de US$ 25 para US$ 8. Mas o BNB se saiu bem com o boom do mercado DeFi.

Publicidade

Vários projetos da Defi chegaram ao Binance Smart Chain, o blockchain da empresa. A maioria eram imitações de projetos mais populares no Ethereum, o blockchain no qual a maior parte das atividades DeFi ocorrem.

“Desde bloquear a liquidez até o pagamento das minúsculas taxas da Binance Smart Chain, tudo isso ajudou a expandir o valor de utilidade do BNB”, disse o CEO da Binance, Changpeng Zhao, em uma publicação no blog sobre o evento.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: 5 coisas para saber sobre o lançamento do token do Notcoin

5 coisas para saber sobre o lançamento do token do Notcoin

Quando o token NOT será lançado? Qual o futuro para a Notcoin? É melhor fazer stake dos tokens? Preparamos um resumo para você
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Novo estudo do LAPIN apresenta melhores práticas para regulação de criptomoedas no Brasil

White paper feito pelo LAPIN com apoio da Ripple traz diversos pontos e dados para ajudar na regulação do setor de criptomoedas brasileiro
Imagem da matéria: Bitcoin atinge um bilhão de transações processadas desde o lançamento

Bitcoin atinge um bilhão de transações processadas desde o lançamento

Bitcoin demorou mais de 15 anos para atingir a marca de um bilhão de transações
Celular com o logo da CVM e notebook aberto no site da Comissãod e Valores Mobiliários

CVM reconhece ativo de blockchain como token de pagamento

Dynasty Global AG recebeu na última semana a classificação do D¥N como um token de pagamento pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).