Imagem da matéria: Binance congela R$ 20 milhões em XRP roubados do fundador da Ripple
Foto: Shutterstock

O valor de US$ 4,2 milhões (R$ 20 mi) em XRP que foram roubados durante uma invasão no início desta semana a carteira de Chris Larsen, o cofundador da Ripple, foi identificado e congelado pela Binance, conforme revelou o CEO da corretora, Richard Teng.

“Continuaremos a apoiar a Ripple em suas investigações e em seus esforços para recuperar os fundos, inclusive monitorando de perto a maioria dos fundos que ainda estão nas carteiras externas do hacker, caso eles sejam depositados na Binance”, escreveu Teng em um post no X na noite passada.

Publicidade

Thomas Silkjaer, chefe de análise e conformidade da XRP Ledger Foundation, esclareceu que o ataque foi realizado nas carteiras cripto pessoais de Chris Larsen e não contra a Ripple, a empresa ou as carteiras de seus usuários.

É uma boa notícia, com certeza. Mas é uma fração pequena dos US$ 113 milhões em XRP que foram roubados na quarta-feira (31).

À época, Larsen disse no X que “houve acesso não autorizado a algumas contas pessoais de XRP”, mas finalmente esclareceu que o ataque não foi contra a própria Ripple.

A XRP está sendo negociada atualmente por US$ 0,5049, 1,8% mais alto do que há um dia, de acordo com o CoinGecko. Quando a notícia foi divulgada inicialmente na quarta-feira, o token caiu 5%.

Publicidade

A Binance já trabalhou anteriormente com as autoridades policiais para rastrear e congelar fundos vinculados a explorações. Em outubro, a empresa congelou contas que a polícia confirmou terem sido criadas pelo Hamas e usadas ativamente para arrecadação de fundos por meio de várias redes sociais.

“Estamos comprometidos em garantir a segurança e a proteção não apenas do ecossistema de blockchain, mas também da comunidade global, por meio de nosso trabalho proativo”, disse um porta-voz da Binance na época.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

You May Also Like
Imagem da matéria: Saiba quais serão os próximos passos do Banco Central para regular o setor cripto

Saiba quais serão os próximos passos do Banco Central para regular o setor cripto

Banco Central deve realizar uma nova consulta em breve e a expectativa ainda é que a regulação final do setor cripto seja publicada em 2024
moedas de bitcoin, ethereum e litecoin à frente de quadro negor, sob mesa de sala de aula

Fundos de criptomoedas batem recorde em entrada de recursos semanal: R$ 12 bilhões

Brasil captou US$ 1,3 milhão na semana, mas outros países viram um influxo maior: US$ 16,7 milhões na Suíça, US$ 13,3 milhões na Alemanha
Imagem da matéria: Mansão que pertencia a ex-Simone & Simaria é alvo da PF em caso de golpe com criptomoedas

Mansão que pertencia a ex-Simone & Simaria é alvo da PF em caso de golpe com criptomoedas

A assessoria da cantora Simone Mendes disse que a venda do imóvel em 2023 ocorreu dentro da lei
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETF de Bitcoin da BlackRock estreou hoje na B3; veja como investir

BDR do ETF de Bitcoin à vista da BlackRock lançado nos EUA já está disponível para investidores de todos os tipos no Brasil