Imagem da matéria: Binance anuncia patrocínio do Paulistão e promete NFTs já nessa edição
São Paulo é o atual campeão paulista (Foto: Divulgação/FPF)

A Binance, maior corretora de criptomoedas do mundo, é a nova patrocinadora do Campeonato Paulista de Futebol de 2022. A parceria prevê também o desenvolvimento de produtos, como plataforma para NFTs e LiveNFTs.

O Paulistão faz a venda de patrocínios de maneira integrada entre as várias plataformas. A ideia é que a Binance seja ativada nas mais diversas plataformas que envolvem a competição, incluindo parceiros de transmissão, publicidade de arena e redes sociais.

Publicidade

O comunicado oara a imprensa afirma que, na plataforma da Binance, o torcedor poderá comprar NFTs dos gols que seu time acabou de marcar e guardar para sempre.

“O patrocínio de uma competição tão importante para o calendário esportivo brasileiro quanto o Paulistão Sicredi 2022 marca a imersão da Binance na cultura do futebol da América Latina. Acreditamos muito no potencial do esporte como importante meio para difundir a inovação trazida pela tecnologia Blockchain e criptomoedas, colaborando para a adoção em massa. Estamos ansiosos para unir esses dois universos, em uma parceria que certamente será muito vitoriosa”, afirma o CEO e Fundador da Binance, Changpeng Zhao, o CZ.

O patrocínio do Paulistão 2022 é a segunda iniciativa de marketing esportivo da Binance na América do Sul. Desde novembro de 2021, a equipe também patrocina a camisa do Santos Futebol Clube, com quem também possui acordo para comercialização e operacionalização de produtos como o Fan Token SANTOS e NFTs.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

“Os números do CPI dos EUA desencadearam uma ruptura na faixa de ativos de risco”, disse a empresa de Cingapura QCP Capital sobre a alta do Bitcoin
Logo da ftx, dólares e bitcoin

Analistas preveem alta no mercado cripto com ressarcimento bilionário a clientes da FTX

A FTX deve cerca de US$ 11 bilhões a credores, mas a massa falida conseguiu levantar mais de US$ 14 bilhões
Imagem da matéria: Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Pavel Durov detém 1% do maior token de jogo deste ano, doado pelos jogadores. E ele não está vendendo seus Notcoin – não agora, pelo menos
Vitalik Buterin criador do Ethereum

A proposta de taxas de gás de Vitalik Buterin tornará o Ethereum mais parecido com a Solana?

Vitalik propõe “taxas de gás multidimensionais” e afirma que é uma busca para um sistema mais personalizado e equitativo