Imagem da matéria: Banco Holandês Sugere que Mineração de Bitcoin Consome Muita Eletricidade

De acordo com um artigo publicado pela Business Insider, o banco holandês ING publicou recentemente um estudo sugerindo que a mineração de bitcoin consome muita eletricidade. O relatório afirma que uma única transação de bitcoin consome tanta eletricidade como uma casa em um mês inteiro e compara-a com a quantidade de eletricidade que os métodos de pagamento eletrônicos tradicionais consomem por transação.

No artigo, o economista sênior da ING, Teunis Brosens, explica que o uso de energia do bitcoin é tão alto porque é necessário fazer a verificação de transações ser um negócio dispendioso, a fim de tornar as transações fraudulentas onerosas para aqueles que buscam usar o bitcoin, acrescentando que a verificação de transações leva “muito poder de processamento e, portanto, eletricidade”.

Publicidade

Brosens passou a comparar o consumo com o de sua casa na Holanda. Ele afirmou:

Este número precisa de algum contexto. 200kWh é suficiente para usar a maquina de lavar roupa mais de 200 vezes. Na verdade, é suficiente para toda a minha casa ao longo de quatro semanas, o que consome cerca de 45 kWh por semana, custando € 39 de eletricidade (a preços de consumo holandeses atuais).

De acordo com o estudo da ING, o bitcoin consome uma quantidade exponencialmente maior de eletricidade do que os métodos tradicionais de pagamento eletrônico, como Visa. Por um gráfico publicado no Business Insider, o Visa leva cerca de 0,01 kWh (10 Wh) por transação, enquanto o bitcoin leva 200 kWh.

kWh estimado por transação

Leia Também: Mineração de Bitcoin Preparada Para Fazer US$ 4 bilhões por Ano

As coisas não são tão simples

O texto do Banco Holandês não é completamente preciso e negligencia alguns fatores que poderiam facilmente resolver o problema no futuro. Por um lado, de acordo com uma publicação no blog publicada pela Webonanza em 2015, os bancos consomem mais energia do que os mineradores de bitcoin se levarmos em consideração o que é necessário para executar seus sistemas.

A publicação do blog aponta que os 20 maiores bancos dos EUA consumiram 2628 MW, enquanto a rede bitcoin só consumiu 246 MW no momento do artigo. O artigo diz:

“Então, os 20 principais escritórios dos bancos dos EUA, por sua vez, consomem 2628 MW. Pode-se argumentar sobre o valor, se houver, que essas organizações fornecem aos cidadãos do mundo para esse consumo de energia, especialmente considerando os resgates. E eles só estão abertos por algumas horas por dia, em “dias de banco”.

Além disso, em 2016, a BBC revelou que 70% do hashrate de bitcoin estava baseado na China, um país em que a grande maioria da eletricidade é produzida pela queima de carvão. Isso cria uma enorme pegada de carbono, mas, como Andreas Antonopoulos afirmou uma vez, os mineradores chineses estão simplesmente transformando a eletricidade que produzem em dinheiro, transformando o bitcoin em um tipo de “mecanismo de armazenamento de energia”.

Publicidade

Finalmente, os mineradores de bitcoins competem uns com os outros e são incentivados a reduzir custos o máximo possível para se manter rentável. A longo prazo, os mineradores podem recorrer a fontes de energia renováveis ​​para garantir que possam permanecer à tona.

Leia Também: Mineração de Bitcoin é Mais Rentável do que Tráfico de Drogas e Armas na Rússia

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 61 mil enquanto GameStop agita mercado e faz memecoin subir 363% 

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 61 mil enquanto GameStop agita mercado e faz memecoin subir 363% 

A volta do hype da GameStop desencadeou a criação de milhares de memecoins – uma delas saltou 1.900% na tarde passada
Imagem da matéria: Semana Cripto: ETFs de Ethereum recebem sinal verde; Dogecoin dispara com tweet de Elon Musk

Semana Cripto: ETFs de Ethereum recebem sinal verde; Dogecoin dispara com tweet de Elon Musk

Muitas coisas inesperadas aconteceram esta semana, mas o mercado estava atento e engajado
Moeda de Bitcoi sob mapa da América comd estaque para Venezuela

Venezuela quer desativar todas as fazendas de mineração de criptomoedas do país

O governador do estado de Carabobo afirmou que o governo está prestes a publicar um decreto que irá proibir a mineração de criptomoedas
Imagem da matéria: Hacker da Gala Games devolve Ethereum após exploração de US$ 240 milhões

Hacker da Gala Games devolve Ethereum após exploração de US$ 240 milhões

Depois que 5 bilhões de tokens GALA foram cunhados e roubados na segunda-feira, a Gala Games recuperou parte dos fundos em ETH – e ainda está descobrindo o resto