Imagem da matéria: Banco do Brasil cria serviço de parceria e ajuda para startups
(Foto: Reprodução)

Visando um canal direto com startups, que são empresas emergentes focadas em soluções e inovações tecnológicas, o Banco do Brasil lançou uma plataforma para se conectar diretamente a novos projetos.

Por meio página Startup Labbs, empresas que estão em fase de crescimento e que possuem projetos interessantes podem angariar uma parceira como o banco, segundo informações no site da instituição.

Publicidade

“O Banco do Brasil está com as portas abertas para a comunidade de Startups. Tem uma startup e acha que podemos desenvolver uma solução juntos? Cadastre-se e se der match, marcamos um bate-papo”, diz.

Para se conectar ao programa do BB, os interessados deverão preencher um formulário simples, contando qual a parcela de cooperação que seu projeto pode trazer à instituição ou a outros setores.

O responsável pela startup interessada vai preencher um pequeno formulário com uma apresentação, alguns dados da empresa e responder quais as sinergias com o conglomerado BB e se, além dos sócios, já houve captação de recursos.

O formulário disponibilizado pelo BB não tem muito espaço para contar muito sobre um projeto ou até mesmo a história da startup, mas o suficiente para a apresentação. Se o conteúdo for bom, o BB promete convidar para um café.

Publicidade

A instituição também está oferecendo produtos e serviços para startups, como conta corrente Pessoa Jurídica (PJ) e um Gerenciador Financeiro, um serviço que dá acesso a funcionalidades de gerenciamento e administração a fluxo financeiro.

Banco do Brasil para desenvolvedores

O Banco do Brasil também prometeu um ‘Portal dos Desenvolvedores’ e para isso está convidando os especialistas da área a se cadastrarem na plataforma.

Feito isso, eles vão interagir com o time de negócios digitais da instituição e poder observar a documentação de soluções atuais.

“A comunidade nos ensinou muito e queremos trazer algo ainda melhor. Por este motivo, resolvemos aprimorar nossas soluções para trazer uma plataforma mais robusta e colaborativa”, diz o site.

Publicidade

No seu programa para desenvolvedores, o ‘BB for Developers’, o banco já disponibiliza várias APIs, como para cartões de créditos, fundos de investimento e até mesmo para plataformas do setor de pagamentos.

As APIs (do inglês ‘Application Programming Interface’) permitem que desenvolvedores de terceiros criem aplicativos e serviços para se comunicar com plataformas.

Clique aqui e acompanhe a cotação de mais de mil criptomoedas


Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Policiais federais fotografados de costas

PF e Receita Federal caçam grupo suspeito de lavagem de dinheiro com criptomoedas

Policiais federais e auditores-fiscais se mobilizaram em quatro estados para cumprir mandados de prisão, busca e apreensão em um esquema de importações ilegais
Fachada do MPDFT - Facebook

PM que atraía colegas de farda para pirâmide com criptomoedas é alvo do MP do DF

O policial militar e um grupo suspeito de pessoas e empresas teriam aplicado um golpe de R$ 4 milhões; alvos do MPDFT são do DF e GO
Banco Central se reunirá hoje com Facebook para debater proibição do WhatsApp Pay

“Inserimos com o Drex o conceito de tokenização nos sistemas dos bancos”, diz Campos Neto

O presidente do BC participa do Emerging Tech Summit, evento do Valor Capital Group em São Paulo
Policial algemando suspeito durante a noite

Médico perde R$ 500 mil em criptomoedas após encontro por aplicativo e sequestro; suspeitos são presos

Os sequestradores que aplicaram o famoso ‘golpe do amor’ foram presos rapidamente pela PM de SP; Polícia Civil investiga o paradeiro dos ativos