Imagem da matéria: Banco da Inglaterra alerta novamente sobre riscos das criptomoedas ao sistema financeiro
Foto: Shutterstock

O Banco da Inglaterra (ou BoE, na sigla em inglês) alertou que a indústria de criptomoedas (e seus riscos) podem ser um perigo ao sistema financeiro ao longo do tempo, de acordo com a BBC.

“A questão, creio eu, que é preocupante é quando for integrada ao sistema financeiro quando uma grande correção de preço pode realmente afetar outros mercados e participantes do mercado financeiro”, afirmou Sir Jon Cunliffe, vice-presidente do banco, em entrevista à BBC.

Publicidade

“Ainda não chegou lá, mas leva tempo criar padrões e regulações”, acrescentou.

Sir Cunliffe também disse que esse risco irá aumentar se e quando a indústria cripto se tornar mais amplamente aceita. Agora, o vice-presidente do banco afirmou que apenas 0,1% da riqueza de famílias britânicas possuía criptomoedas.

Além disso, a estimativa é que apenas 2,3 milhões de pessoas no Reino Unido tenham investimentos relacionados a cripto a um valor médio de £ 300 (US$ 396,94) por pessoa.

“Realmente precisamos arregaçar nossas mangas e seguir em frente para que, no momento em que isso se tornar um problema maior, termos a estrutura regulatória para conter os riscos”, complementou.

O Banco da Inglaterra e as criptomoedas

Essa não foi a primeira vez que o banco central britânico criticou os riscos apresentados pela indústria cripto.

Em outubro, o banco (e o próprio Sir Cunliffe) afirmou que o bitcoin (BTC) poderia provocar instabilidade financeira no Reino Unido.

Publicidade

“É claro que US$ 2,3 trilhões precisam ser considerados no contexto do sistema financeiro global de US$ 250 trilhões. Mas, assim como a crise financeira nos mostrou, você não precisa levar em consideração uma grande proporção do setor financeiro para provocar problemas à instabilidade financeira”, disse ele na época.

Uma semana depois, o banco alertou novamente, apesar de, dessa vez, tê-lo feito com uma mensagem aparentemente contraditória.

“Mercados de criptoativos continuam crescendo rapidamente, mas atualmente apresentam riscos limitados à instabilidade financeira do Reino Unido”, afirmou o Comitê de Políticas Financeiras do Banco da Inglaterra.

O banco também tem El Salvador como alvo, lamentando sobre o que considerava ser uma adesão questionável do bitcoin como moeda corrente.

“Me preocupa que um país escolheria [o bitcoin] como sua moeda nacional”, afirmou Andrew Bailey, presidente do banco, em novembro.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Talvez você queira ler
Imagem da matéria: Tether congela US$ 225 milhões em USDT de carteiras ligadas ao tráfico humano

Tether congela US$ 225 milhões em USDT de carteiras ligadas ao tráfico humano

A decisão ocorre em parceria com a exchange OKX e em colaboração com uma investigação feita pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos
Imagem da matéria: BONK dispara 1.920% no mês com rumor de listagem na Binance

BONK dispara 1.920% no mês com rumor de listagem na Binance

Na segunda-feira, BONK foi capaz de atingir uma nova máxima histórica de US$ 0,000005
Fidelity, bitcoin, criptomoedas, EUA, previdência, aposentadoria, EUA

Fidelity se junta à BlackRock na corrida pelo ETF de Ethereum à vista nos EUA

A gigante de serviços financeiros vem expandindo seu negócio de criptomoedas desde 2018
Imagem da matéria: A Inteligência Artificial usará criptomoedas? Veja o que está impulsionando os tokens de IA

A Inteligência Artificial usará criptomoedas? Veja o que está impulsionando os tokens de IA

As criptomoedas serão as moedas preferidas para a IA do futuro? Investidores cripto estão apostando nisso