Imagem da matéria: Banco Central da China classifica blockchain como bolha
(Foto: Shutterstock)

O banco central da China (PBoC) solicitou ao governo que fortaleça a supervisão em financiamentos especulativos e investimentos no setor de blockchain, reportou a CCN na terça-feira (06).

De acordo com o site, o departamento de pesquisa da instituição publicou hoje um artigo intitulado “O que um blockchain pode ou não fazer?”.

Publicidade

“Atualmente, a bolha no setor de investimento e financiamento blockchain é óbvia”, diz um trecho do documento, conforme a tradução feita pelo site.

Em uma análise preliminar do artigo obtido pela CCN China é provável que o banco central esteja estudando o impacto do blockchain e de vários projetos cujos objetivos são de comercializar a tecnologia descentralizada na sociedade.

“Primeiramente, não exagere no uso da função do blockchain”, diz um trecho do documento, que, segundo a CCN, nitidamente aponta um pedido de cuidado com a nova tecnologia.

O documento diz que algumas práticas da indústria nos últimos anos, desde a chegada da nova tecnologia, “provaram que algumas aplicações blockchain não são viáveis”, particularmente no setor financeiro, relatou o site, acrescentando outro trecho:

Publicidade

“Até então, nenhuma inovação tecnológica causou disrupção no sistema financeiro, e o blockchain não é exceção”.

O departamento de pesquisa do PBoC também solicitou às maiores agências governamentais chinesas uma melhora na supervisão do financiamento no setor de blockchain, principalmente em relação às Ofertas Iniciais de Moedas (ICOs), diz a CCN, que mostrou o seguinte trecho:

“Especulação, manipulação de mercado e até mesmo violações de leis e regulamentos são comuns, especialmente para projetos simbólicos envolvendo transações de oferta pública”.

De acordo com o site, o documento ainda evidencia, para o contexto das instituições, as medidas já tomadas pelo governo chinês em relação às violações das leis que as ICOs podem infringir.

Proibição já fez um ano

A China proíbe Ofertas Iniciais de Moedas (ICOs) e exchanges de criptomoedas desde setembro do ano passado, quando as empresas do setor receberam intimação e instrução para o encerramento das atividades.

Publicidade

O argumento usado contra o desenvolvimento do setor criptoeconômico foi de que essas empresas atuavam sem uma licença formal.

Mesmo mantendo uma linha severa contra as criptomoedas e as ICOs, a China vem mantendo foco positivo na tecnologia blockchain.

Em junho deste ano, o Instituto de Pesquisa do Ministério da Indústria e da Informação da China (CCID) ressaltou que o índice mensal que o órgão tem feito sobre as plataformas blockchains demonstra “a confiança do governo chinês” na tecnologia oriunda do bitcoin.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem de Glaidson Acácio dos Santos, mais conhecido como Faraó do Bitcoin

Gilmar Mendes mantém prisão de Glaidson Acácio dos Santos, criador da GAS Consultoria

A defesa do ‘Faraó do Bitcoin’ alegou problemas psiquiátricos e uso de medicamento controlado, além de questionar a jurisdição acerca da competência para os processos
Ilustração mostra mãos robótica segurando moeda de Bitcoin

Criptomoedas e IA podem adicionar US$ 20 trilhões ao PIB global até 2030, diz Bitwise

Analista da Bitwise avalia que existe um grande potencial de sinergia entre protocolos de criptomoedas e soluções envolvendo inteligência artificial
Letras que formam a sigla ETF próximas a uma moeda dourada de Bitcoin (BTC)

ETFs de Bitcoin quebram sequência de 19 dias de entradas e têm saídas de US$ 65 milhões

Em uma sequência recorde que durou um mês, ETFs de Bitcoin tiveram a entrada de cerca de US$ 4 bilhões, período em que o BTC se aproximou de sua máxima histórica
Ilustração de baleia nadando com moeda de bitcoin em seu interior

Baleia de Bitcoin movimenta US$ 535 milhões após mais de 5 anos parada

Uma baleia não identificada transferiu 8.000 BTC para a Binance ontem – se vendida, renderia mais de meio bilhão de dólares em lucro