Imagem da matéria: Baleia envia R$ 2,6 bilhões em Bitcoin para Coinbase e assusta o mercado
Foto: Shutterstock

Uma baleia de Bitcoin fez duas transferências de 10.000 BTC (cerca de R$ 1,3 bilhão cada) para Coinbase em apenas uma semana, totalizando cerca de R$ 2,6 bilhões enviados para a corretora no período. A transação recente ocorreu na tarde da quinta-feira (18); a anterior, no último dia 11. 

As transferências foram identificadas pelo perfil EmberCN, do Twitter, e retuitado pelo jornalista Colin Wu, conhecido como Wu Blockchain. Cada uma delas foi de aproximadamente US$ 270 milhões.

Publicidade
Fonte: Bitinfocharts

São chamados de ‘baleias’ os investidores com grandes quantidades de ativos, que possuem entre 1.000 e 10.000 bitcoins na carteira. Em resumo, dados on-chain mostram que essa baleia recebeu os bitcoins e os enviou para a Coinbase para uma possível venda no mercado ou guardá-los para o momento certo.

No post original de @EmberCN, o dono do perfil questionou se a movimentação da semana passada mexeu com o preço do Bitcoin: “Um dia após a baleia entrar na exchange em 12/05, o BTC caiu para US$ 25.811, uma queda de 6%. Isso está relacionado?”

Na transferência de ontem, contudo, o preço do Bitcoin não se moveu, ficando estagnado como nos últimos dias. No momento da escrita, o BTC é cotado em US$ 26.800 e passa por uma leve queda de 1,5% nas últimas 24 horas, segundo dados do Coinmarketcap.

Fonte: Coinmarketcap

Movimento de R$ 3 bilhões

Na última segunda-feira (15), a Coinbase fez duas notáveis transferências que somaram cerca de 23.000 BTC, equivalente a R$ 3 bilhões na cotação da época, para endereços desconhecidos.

Publicidade

Conforme mostram dados on-chain, em uma das operações, a Coinbase transferiu 11.533 BTCs para o endereço 1Mc96, cujo montante na ocasião valia cerca de US$ 316 milhões.

Em outra, foram enviados 11.347 BTCs para 12VPc, avaliados em cerca de US$ 311 milhões no momento da transferência.

Por se tratar de carteiras anônimas, não é possível confirmar se os bitcoins transferidos pela Coinbase foram vendidos para um investidor ou se trata apenas de uma movimentação interna.

Mas, quando criptomoedas saem da carteira de uma corretora, normalmente representam um movimento de compra em que um trader adquire os ativos na plataforma e em seguida realiza o saque para fazer a própria custódia dos ativos.

Já quando quantias de criptomoedas são enviadas de um endereço desconhecido para o de uma exchange, como ocorreu com a baleia em questão, o mais comum é se tratar de um evento de venda.

Publicidade

Baleias compram mais de R$ 11 bilhões em Bitcoin

Baleias de Bitcoin acumularam cerca de US$ 2,3 bilhões (R$ 11 bi) em BTC em menos de um mês, ou seja, os grandes detentores da maior criptomoeda do mercado aproveitaram a baixa para comprar 84.897 BTCs nas últimas semanas.

Em um tweet na quinta-feira (18), a empresa de análise Santiment disse que, embora as baleias estejam acumulando, o mês continua frustrante para o Bitcoin:

“Maio foi frustrante, cheio de correções, armadilhas de touros, dores de trader. Mas com Bitcoin e Ethereum vendo baixas históricas de oferta nas exchanges e alguns players importantes acumulando moedas, o verão pode vir com um pouco mais de esperança”.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: '101 Perguntas sobre Bitcoin': Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

‘101 Perguntas sobre Bitcoin’: Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

A obra discorre os princípios técnicos da moeda até suas implicações socioeconômicas no contexto atual, de modo a proporcionar um entendimento profundo ao público geral
moeda de Bitcoin ao lado de letreiro com ETF

Estado dos EUA investe R$ 510 milhões em ETF de Bitcoin da BlackRock

O investimento foi confirmado hoje pelo Conselho de Investimentos do Estado de Wisconsin (SWIB)
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas