Imagem da matéria: Região que pertenceu à União Soviética fecha mineradoras de criptomoedas que usavam eletricidade roubada
‘Quartinho’ de mineração descoberto por companhia de energia. Reprodução/Facebook

Autoridades de Abecásia, região separatista da Geórgia, fecharam duas fazendas de mineração de criptomoedas em Ochamchira, cidade localizada no litoral, e apreenderam 82 máquinas que usavam eletricidade roubada. As informações e um vídeo da ação foram compartilhados na quarta-feira (4) pela empresa de energia Chernomorenergo.

“As fazendas agora foram eliminadas”, escreveu a companhia na descrição do material postado em sua página no Facebook, reforçando que a atividade viola a proibição de mineração imposta pelo governo para mitigar a escassez de eletricidade.

Publicidade

O governo da Abecásia culpa a mineração de criptomoedas por diversos apagões que ocorreram na região no ano passado. Em dezembro, autoridades invadiram casas, fábricas e até restaurantes para cortar cabos de energia. Em novembro, a empresa de energia da Abkhazia, Chernomorenergo, foi forçada a introduzir apagões contínuos para evitar um colapso na energia.

Protesto de mineradores de criptomoedas

Não foi a primeira vez que as autoridades de Abecásia investiram contra as mineradoras de criptomoedas de Ochamchira.

No mês passado, conforme informações da versão russa do site Sputnik. a pequena cidade enfrentou a polícia com uma manifestação depois que vários mineradores perderam seus equipamentos. 

“Essas pessoas só querem trabalhar em paz”, disse para o veículo o representante da comunidade, Artimon Gabilaya, revelando ainda que a maioria tem entre três e cinco máquinas de mineração.

Energia barata estimulou mineração

A Abecáisa, uma república autônoma na região do Mar Negro, já fez parte da União Soviética. Atualmente as autoridades veem sua independência apoiada pela Federação Russa.

Publicidade

O interesse pela mineração de ativos digitais na Abecásia vem desde 2016. Centenas de mineradoras foram criadas na região. A atividade se mostrou rentável por lá por causa do custo barato de eletricidade.

Em 2018, o governo tentou barrar a atividade, mas não teve muito sucesso, pois a importação de hardwares de mineração ainda se manteve legal por lá. Em setembro de 2020, as autoridades suspenderam a proibição e tentaram aumentar as tarifas de energia para  a atividade.

VOCÊ PODE GOSTAR
mescla de dólares e moedas de bitcoin sobre a mesa

Fundos de criptomoedas captam US$ 2 bilhões na primeira semana de junho

EUA foram responsáveis por quase todo fluxo de entradas dos fundos de criptomoedas, enquanto o Brasil segue com terceiro melhor resultado no acumulado de 2024
celular com logo GameStop com fundo azul

Roaring Kitty reaparece e ações da Gamestop e token GME disparam de preço

Na noite domingo (2), as ações NYSE:GME subiram 19% enquanto a memecoin GME disparou mais de 200%
Imagem da matéria: Token Friend.tech cai 22% depois de críticas à saída da Base para uma nova blockchain

Token Friend.tech cai 22% depois de críticas à saída da Base para uma nova blockchain

As notícias sobre os planos da Friend.tech de lançar uma blockchain para projetos sociais descentralizados não foram bem recebidas
Imagem da matéria: Time de futebol inglês Watford venderá 10% do clube como capital digital com oferta de tokens

Time de futebol inglês Watford venderá 10% do clube como capital digital com oferta de tokens

Watford quer arrecadar 17,5 milhões de libras com venda de ações e dará opção aos investidores de receberem tokens e acessarem ofertas exclusivas