Artista pinta muro em Paris e recebe US$ 100 em bitcoin por dia em doações

O artista Pascal Boyart coloca códigos QR em suas arte de rua e, até agora, ganhou mais de 1,3 BTC em doações

Confessions of a Red Jester (Foto: Pascal Boyart)


O artista Pascal Boyart fez uma pintura em um muro em Paris e chamou de “Confessions of a Red Jester” (Confissões de um bobo da corte vermelho, em tradução livre), uma interpretação moderna da pintura de 1862 “Stańczyk” de Jan Matejko. Ao lado, um QR code para receber doações em bitcoin.

Na versão de Boyart, o bobo da corte é cercado por notas de dinheiro no chão e tem o que parece ser uma tabuleta na mesa ao lado dele. Boyart descreveu a pintura como sendo sobre dinheiro fiduciário e quantitative easing.

Há outro elemento único: um grande código QR no canto inferior esquerdo, junto com um logotipo do Bitcoin pintado com spray e um endereço de carteira abaixo. O código QR permite que qualquer pessoa que o digitalize doe Bitcoin diretamente para o Boyart sem nenhum tipo de intermediário.

E está funcionando. Boyart twittou hoje que até agora recebeu 0,0514 BTC desde que revelou a obra de arte há cinco dias, pouco menos de US$ 500 até o momento.

Boyart não é estranho ao mundo das criptomoedas e blockchain. Ele disse ao Decrypt que usa códigos QR em suas pinturas desde 2017 e recebeu mais de 1,3 BTC (quase US$ 12.000 atualmente) em doações nos últimos três anos. Ele até escreveu um tutorial para ajudar outros artistas a fazer o mesmo.

Ele também tem links de doação em seu site para Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Monero. Além disso, Boyart tokenizou seu próprio trabalho artístico como tokens não fungíveis (NFTs), vendendo várias peças – algumas com animação adicional – divididas em fragmentos colecionáveis ​​via OpenSea.

Para Boyart, a capacidade de aceitar doações via Bitcoin de qualquer pessoa que veja suas pinturas ao ar livre, mesmo que não saiba seu nome ou outro trabalho, permite que ele continue produzindo obras de arte atraentes e que geram conversas.

“Isso me ajuda a financiar meus próximos murais e manter minha independência”, disse ele ao Decrypt.

*Traduzido e republicado com autorização da Decrypt.co