Imagem da matéria: Argentina faz megaoperação contra hackers que roubavam dinheiro e transformavam em criptomoedas
Shutterstock

A área de cibercrimes da Polícia Federal da Argentina realizou uma megaoperação no final da semana passada para acabar com um grupo de hackers que se dedicava a esvaziar contas bancárias e transformar o dinheiro roubado em criptomoedas.

Leia também: Candidato pró-Bitcoin lidera as prévias presidenciais na Argentina

Publicidade

Em uma ação inédita, a operação realizou 27 incursões em diferentes regiões do país, dando continuidade a uma investigação iniciada em fevereiro após uma empresa sofrer um ataque hacker e ter um prejuízo de 5 milhões de pesos (pouco mais de US$ 8 mil na cotação da época).

“Conseguimos apreender US$ 4 mil em criptoativos. Os valores foram depositados em carteiras virtuais sob controle dos agentes fiscais que participam da investigação”, disseram fontes ao jornal La Nacion.

Em comunicado, a polícia disse que apreendeu 20 mil pesos, US$ 10 mil, computadores, celulares, cartões de memória, pen drives, cartões SIM, consoles de videogame, cartões de crédito, armas de fogo e drogas.

Segundo as autoridades, as operações tiveram início após casos de phishing e operações bancárias fraudulentas, mas à medida que os criminosos transformaram o dinheiro roubado em criptomoedas houve um aumento no nível de complexidade do monitoramento dos fundos, o que exigiu a intervenção da equipe especializada em criptoativos do Ministério Público de Buenos Aires e da Polícia Federal da Argentina.

Quer ganhar mais com Ethereum? Abra sua conta no Mercado Bitcoin, a corretora mais segura do Brasil, e comece a fazer staking agora mesmo

VOCÊ PODE GOSTAR
Terra, LUNA, Stablecoin, Twitter

Twitter de Elon Musk estreia “ecossistema financeiro” nos EUA – será que usará Dogecoin?

CEO do Twitter descreveu o impulso de pagamentos do Twitter como uma iniciativa transformadora que chegará à plataforma de mídia social “em breve”
Imagem da matéria: "Jogo do Tigrinho" invade redes sociais de brasileiros; veja como se proteger

“Jogo do Tigrinho” invade redes sociais de brasileiros; veja como se proteger

Nos últimos meses, o “jogo do tigrinho”, um caça-níquel online, ganhou notoriedade no Brasil devido à sua associação com golpes
martelo de juiz com logo da binance no fundo

Nigéria retira acusações contra executivos da Binance, mas mantém exchange na mira

Dois executivos da Binance foram afastados das acusações de evasão fiscal por uma agência nigeriana, mas ainda enfrentam um caso de lavagem de dinheiro
Imagem da matéria: Twitter de 50 Cent é hackeado para promover memecoin da Solana

Twitter de 50 Cent é hackeado para promover memecoin da Solana

O token GUNIT, promovido na conta invadida do rapper, chegou a valorizar 8.000%