Imagem da matéria: Antigo CTO da Ripple recebe mais de R$ 2 bilhões em XRP e vende R$ 86 milhões em seguida
Foto: Shutterstock

Jed McCaleb, o cofundador da Ripple e ex-CTO da empresa, recebeu durante madrugada desta quinta-feira (03) 408.123.659 XRPs (equivalente a mais de R$ 2 bilhões) como parte de um acordo judicial que ele possui com a ex-companhia.

Os dados da transação são públicos e foram captados pela empresa de monitoramento de transações na blockchain Whale Alert. Os dados da rede mostram também que McCaleb, o criador da Stellar, foi rápido em liquidar R$ 86 milhões do que recebeu.

Publicidade

Não é a primeira vez que ele recebe grandes valores como esse. Em dezembro do ano passado, ele recebeu 266 milhões de tokens e vendeu alguns milhões pouco depois.

McCaleb é programador e fundou a Ripple, onde ficou até 2013. No ano seguindo, ele fundou a Stellar. A saída da Ripple, contudo, foi conturbada. No acordo final, ele aceitou receber 9 bilhões de XRPs em parcelas dentro de um cronograma fixo de pagamentos. Uma vez recebido, ele pode vender, guardar negociar ou vender seus tokens.

O programador vem vendendo seus ativos constantemente, mas sempre abaixo dos 20 milhões de tokens, como é possível ver em sua carteira.

Vendas recorrentes do ex-CTO da Ripple (Foto: XRP scan)

A movimentação não parece ter abalado a cotação da moeda. Conforme dados do Índice do Portal do Bitcoin, a XRP está sendo negociada a U$ 1,02, com uma pequena alta de 0,28% nas últimas 24 horas.

VOCÊ PODE GOSTAR
Tigran Gambaryan, chefe de compliance da Binance, posa para foto

Executivo da Binance é transferido para prisão subterrânea na Nigéria 

A Justiça transferiu Tigran Gambaryan para presídio após fuga de seu colega da Binance que também estava detido na Nigéria
Imagem da matéria: EUA não têm autoridade para processar trades DeFi, diz advogado do hacker da Mango Markets

EUA não têm autoridade para processar trades DeFi, diz advogado do hacker da Mango Markets

Avraham Eisenberg é o trader cripto acusado de drenar mais de US$ 100 milhões da plataforma de negociação Mango Markets
Vitalik-Buterin-Ethereum

Vitalik Buterin se torna defensor do “comunismo degenerado”; entenda

Para o criador do Ethereum, o “comunismo degen” abraça abertamente o caos, mas ajusta regras e incentivos para fazer com que as consequências do caos estejam alinhadas com o bem comum
Imagem da matéria: STF autoriza extradição de belga preso no Brasil por operar pirâmide com criptomoedas

STF autoriza extradição de belga preso no Brasil por operar pirâmide com criptomoedas

De acordo com as investigações, a pirâmide criada pelo belga prejudicou milhares de investidores em diversos países europeus