Imagem da matéria: Análise Técnica Bitcoin 18/10/19: De olho nos US$ 7.500

O preço do Bitcoin corrigiu um aumento, mas enfrentou obstáculos próximos a US$ 8.120 e US$ 8.140, podendo ganhar impulso abaixo de US$ 8.000.

Há uma importante linha de tendência de baixa se formando com resistência próxima a US$ 8.240 no gráfico horário do par BTC/USD.

Publicidade

É provável que o preço permaneça em uma zona de baixa, a menos que os touros o levem acima de US$ 8.120 e US$ 8.240.

Análise de Preço

Ontem, houve uma extensão negativa no bitcoin abaixo da área de suporte de US$ 8.000. O preço do BTC foi negociado para uma nova baixa mensal em US$ 7.915 e se estabeleceu abaixo da média móvel simples de 100 horas.

Em seguida, houve uma correção positiva acima de US$ 8.000 e da retração de 23,6% de Fibonacci.

No entanto, o movimento ascendente foi limitado pelas resistências de US$ 8.100 e US$ 8.120. O preço falhou ao testar a retração de 50% de Fibonacci e, como resultado, houve uma nova queda abaixo de US$ 8.020. O preço agora está acelerando quedas abaixo de US$ 8.000. Ele chegou a quebrar o último swing de baixa em US$ 7.915 e foi negociado para uma nova baixa mensal perto de US$ 7.850.

Parece que houve uma forte reação de baixa abaixo de US$ 8.000. O próximo suporte-chave está perto de US$ 7.800. Se houver mais quedas, o preço do bitcoin poderá acelerar as perdas em direção aos níveis de US$ 7.600 e US$ 7.500 no curto prazo. Um suporte intermediário está próximo de US$ 7.720.

Publicidade

No lado positivo, os níveis de US$ 8.000 e US$ 8.020 provavelmente agirão como obstáculos para os touros. A resistência principal está próxima de US$ 8.120 e da média móvel simples de 100 horas. Além disso, há uma importante linha de tendência de baixa se formando com resistência próxima a US$ 8.240 no gráfico horário do par BTC/USD.

Olhando para o gráfico, o bitcoin está claramente sob muita pressão abaixo de US$ 8.120 e US$ 8.000. Enquanto não houver um fechamento acima de US$ 8.120 e US$ 8.240, há chances de mais desvantagens. A principal meta para os pessimistas nas próximas sessões pode estar perto de US$ 7.600 e US$ 7.500.

  • A análise foi traduzida do site NewsBTC e não é uma indicação de compra ou venda.

BitcoinTrade: Depósitos aprovados em minutos!

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em menos de 5 minutos! Acesse: bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Queda de 4% leva o Bitcoin abaixo de US$ 60 mil e provoca liquidações de US$ 307 mi

Manhã Cripto: Queda de 4% leva o Bitcoin abaixo de US$ 60 mil e provoca liquidações de US$ 307 mi

É a primeira vez desde o início de maio que o Bitcoin apresenta uma cotação tão baixa
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe acima de US$ 58 mil à medida que ETFs voltam a atrair investidores

Manhã Cripto: Bitcoin sobe acima de US$ 58 mil à medida que ETFs voltam a atrair investidores

Os ETFs de Bitcoin à vista negociados nos EUA captaram US$ 654,3 milhões entre os dias 5 e 9 de julho
moeda de bitcoin com bandeira dos EUA no fundo

Fed diz que inflação está caindo, mas não rápido o suficiente: por que isso importa para o Bitcoin?

A queda da inflação beneficia os ativos de risco, incluindo as criptomoedas, pois daria ao Fed confiança para começar a reduzir as taxas de juros este ano
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Bernstein reitera previsão de Bitcoin em US$ 200 mil até final de 2025

Previsão já havia sido feito em junho e os analistas apontam que a tendência recente de queda do Bitcoin não mudou esse cenário