Imagem da matéria: Análise Técnica Bitcoin 05/09/17

O Bitcoin rompeu o fundo do canal de alta formado no curto prazo. Isso pode abrir caminho para uma correção maior, em direção aos níveis de retração de fibonacci no gráfico diário.

Os indicadores técnicos sugerem que o rali a longo prazo ainda pode continuar em algum momento.

Publicidade

Indicadores técnicos

A média móvel de 100 períodos está acima de de 200, o que indica que o caminho de menor resistência é para cima, sendo mais provável que retome a alta ao invés de reverter. A média móvel de curto prazo é próxima do nível de retração de fibonacci de 61,8%, em torno de US $ 3000, o que mostra ser uma forte área de interesse e de resistência.

Uma retração superficial poderia encontrar suporte em 38,2% de fibonacci ou US$ 3850 ou então em 50%, nos US$ 3460. Uma correção maior poderia durar até a média móvel de 200 períodos, em US$ 2000.

O estocástico está indo para baixo, de modo que o preço do bitcoin pode segui-lo, mas este oscilador está perto dos níveis de sobrevenda, podendo indicar o esgotamento dos vendedores. O RSI também está refletindo a pressão dos vendedores e tem espaço para continuar descendo até atingir os níveis de sobrevenda.

O principal motivo para a queda não só dó Bitcoin, mas de quase todo o mercado foi o anúncio do PBOC, o Banco Central da China, banindo todos os ICOs.

Especulações sobre essa possível atitude do banco central chinês já estavam ocorrendo e tudo se confirmou nesta segunda-feira, dia 4 de setembro.

 

*A análise foi traduzida do site NewsBitcoin, como consta na fonte, e não é uma indicação de compra ou venda.

Para acompanhar os gráficos em tempo real de qualquer moeda, acesse nossa página de cotações, clicando aqui.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitcoin pode cair até US$ 50 mil em breve, alerta analista brasileiro

Bitcoin pode cair até US$ 50 mil em breve, alerta analista brasileiro

Analista da Foxbit avalia gráficos do Bitcoin e aponta que preços devem continuar pressionados ao longo da semana