Imagem da matéria: Agora você pode ganhar bitcoin jogando Counter-Strike

Esta semana, a startup de Bitcoin ZEBEDEE lançará os primeiros servidores para o popular jogo de tiro em primeira pessoa para PC Counter-Strike: Global Offensive (CS: GO) que implementa Infuse, sua tecnologia que permite aos usuários ganhar pequenas quantias de Bitcoin com base no seu desempenho no jogo.

E de acordo com o cofundador e CEO da ZEBEDEE, Simon Cowell, a notícia já está gerando muito buzz no mercado de jogos:

Publicidade

“O anúncio de nossa integração do Bitcoin com CS: GO ressoou com os jogadores de uma forma que eu não tinha visto antes em jogos de blockchain”, Cowell disse ao Decrypt. “Inscrições na lista de espera já são suficientes para manter nossos primeiros 10 servidores cheios, então planejamos expandir a capacidade em breve. Tenho a boa sensação de que finalmente descobrimos a infiltração das criptomoedas nos jogos convencionais. “

Funcionará assim: ao jogar em um dos servidores Infuse do ZEBEDEE, você digitalizará um código QR no início da partida com um aplicativo de smartphone para pagar uma pequena quantia de BTC, de apenas 100 satoshis (1 satoshi = 0,00000001 BTC). Ao longo do jogo, seus ganhos potenciais irão flutuar conforme você acumula mortes e / ou morre, com sua parte do pote com base em sua porcentagem da pontuação total do jogo.

No final, se você teve uma partida bem-sucedida, pode terminar com mais satoshis do que costumava comprar para a partida. Os jogadores podem sacar a qualquer momento e as transações são administradas pela Lightning Network. No final das contas, ZEBEDEE planeja lançar servidores que não exigem taxa de inscrição, graças ao apoio de parceiros, cuja publicidade será implementada na experiência em vez de cobrar dos jogadores para competir.

Embora as quantias em disputa sejam relativamente pequenas, é uma oportunidade para os jogadores “acumularem satoshis” e ganharem um pouco de Bitcoin durante o jogo. ZEBEDEE está atingindo um público potencialmente massivo, também, já que o jogo da Valve atrai mais de um milhão de usuários simultâneos diariamente e tinha cerca de 24 milhões de jogadores ativos por mês no início do ano passado.

Publicidade

Ele também tem um cenário de e-sports robusto que já premiou mais de US$ 108 milhões até o momento e atrai uma audiência significativa para competições regionais e globais.

De acordo com Cowell, a empresa planeja lançar 10 servidores nesta semana para começar, e eles estarão abertos a todos os jogadores 24 horas por dia, 7 dias por semana, desde que haja espaço para eles. Os jogadores precisarão baixar o aplicativo de desktop do ZEBEDEE para obter acesso aos servidores com tecnologia Infuse. ZEBEDEE planeja adicionar mais servidores a tempo para acomodar outros jogadores e espera uma demanda significativa após demonstrar a tecnologia CS: GO em encontros de jogos recentes, incluindo um realizado no último fim de semana.

Cowell acredita que a oportunidade para os jogadores de CS: GO ganharem Bitcoin beneficiará mais os jogadores amadores e casuais que não fazem parte do cenário dos esportes eletrônicos profissionais, embora ele sugira que o impacto final será mais amplo em jogos competitivos.

“A maior revolução será para jogadores comuns”, acrescentou. “No momento, os torneios de esportes eletrônicos estão abertos apenas para uma pequena elite de profissionais que ganham todo o dinheiro.”

VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Estudo mostra que 61% dos investidores brasileiros não pretendem vender Bitcoin

Pesquisa realizada pela Bitget releva otimismo pós-halving do Bitcoin
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
Imagem da matéria: Questões sociais são desafio para debate do Bitcoin, diz autor de livro da Editora Portal do Bitcoin

Questões sociais são desafio para debate do Bitcoin, diz autor de livro da Editora Portal do Bitcoin

“Parte técnica você descreve como funciona e acabou. Nas vacas sagradas leva um bom tanto de desconstrução de conceitos”, diz Breno Brito
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta