Moeda de Bitcoin à frente de bandeira de El Salvador
Shutterstock

A Fitch, uma das três grandes agências de classificação de risco, advertiu que a decisão de El Salvador de tornar o Bitcoin com curso legal colocaria os bancos em risco de lavagem de dinheiro, financiamento do terrorismo e evasão fiscal.

O presidente de El Salvador, Nayib Bukele, anunciou na semana passada que o Bitcoin se tornaria com curso legal em 7 de setembro.

Publicidade

No entanto, o Banco Mundial, o FMI e outras autoridades globais têm criticado a medida. O Banco Mundial recusou um pedido de El Salvador para ajudar na implementação do Bitcoin como moeda com curso legal no país.

Em uma publicação na sexta-feira, a Fitch alertou que o Bitcoin poderia violar os padrões internacionais de combate à lavagem de dinheiro (AML) e financiamento do terrorismo, e facilitar a evasão fiscal.

As ligações entre o crime organizado e o Bitcoin são uma preocupação especial para os reguladores. Bukele negou repetidamente ligações com MS-13 e Barrio 18, dois dos maiores cartéis de drogas da América Central. Mas os críticos disseram que ele trabalhou com as gangues para ajudar em sua carreira política.

Um dos parceiros do governo salvadorenho em seus planos é a Zap Solutions Inc., com sede em Chicago, cuja carteira digital, Strike, já está sendo usada por alguns salvadorenhos.

Publicidade

Na semana passada, o Decrypt relatou que a Zap não tem licenças para operar na maioria dos estados dos EUA. Isso torna ilegal para emigrantes salvadorenhos enviar dinheiro e transferências com criptomoedas de estados não licenciados para El Salvador usando Strike – uma situação que poderia obscurecer ainda mais os já polêmicos planos de Bitcoin do país.

Prazo ambicioso

A Fitch disse que El Salvador ainda não publicou orientações regulamentares detalhadas sobre criptomoedas e observou o “prazo ambicioso” em que uma estrutura legal deve ser criada e sistemas de pagamento introduzidos.

Na semana passada, Bukele lançou uma carteira de criptomoedas patrocinada pelo estado, a Chivo, e disse que todo cidadão que se inscrever receberá US$ 30 em Bitcoins grátis. No entanto, precisamente como esses sistemas de pagamento irão operar e a extensão do envolvimento do governo ainda não estão claros, disse a Fitch.

Se El Salvador não cumprir os padrões da Força-Tarefa de Ação Financeira (FATF), “os bancos correspondentes de El Salvador poderiam exigir due diligence e verificações mais detalhadas sobre as instituições financeiras do país”, disse Fitch.

Publicidade

E apressar os sistemas de pagamento para aceitar Bitcoin impactará os riscos de moeda e liquidez dos bancos, bem como os riscos atuais de ransomware, acrescentou a agência.

Os críticos argumentaram que a nova Lei do Bitcoin obriga as pessoas a aceitar a criptomoeda. Em resposta a essas preocupações, Bukele disse na semana passada que o uso de Bitcoin não será obrigatório.

Para colocar mais água fria no plano de El Salvador, Fitch previu que as empresas e os cidadãos provavelmente demorarão para adotá-lo.

“A taxa real de aceitação pode ser reduzida devido aos desafios de implementação, bem como os baixos níveis de inclusão financeira e acesso à Internet do país”, disse o documento.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Investidor transforma R$ 20 mil em R$ 178 milhões ao segurar Bitcoin por 12 anos

Investidor transforma R$ 20 mil em R$ 178 milhões ao segurar Bitcoin por 12 anos

Quando o investidor adquiriu 500 BTC em julho de 2012, a quantia valia R$ 20 mil; hoje, ultrapassa R$ 178 milhões
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) recua para US$ 69 mil e FTX espera devolver fundos a clientes até fim de 2024

Com desempenho recorde no trimestre, o Bitcoin agora mira novas máximas à espera do próximo halving
Ilustração de moeda gigante de Bitcoin observada por investidores e prestes a ser cortada ao meio

CEO da Morgan Creek Capital prevê Bitcoin a US$ 150 mil após o halving

Para o CEO da Morgan Creek Capital Management, o FOMO (medo de ficar de fora) deve ser um dos fatores que vão alavancar o preço BTC após o halving
nathalia arcuri me poupe

Nathalia Arcuri explica o halving do Bitcoin em vídeo no YouTube: “Investir ou não agora?”

Influencer recomenda a compra de um pouco de Bitcoin todos os meses: “A expectativa é sim que o Bitcoin continue subindo”