Imagem da matéria: Ações de empresas cripto entram no vermelho e caem mais de 10% no dia
Foto: Shutterstock

A ação da Coinbase caiu quase 16% nesta terça-feira (26) após relatos de que a Comissão de Valores Mobiliários e de Câmbio dos EUA (SEC) está investigando a corretora de criptomoedas sobre supostamente disponibilizar valores mobiliários não registrados em sua plataforma.

As ações da Coinbase (COIN) estavam sendo negociadas a US$ 67,07 no encerramento de segunda-feira (25), caindo para US$ 62 no pré-mercado desta terça-feira e despencando para atuais US$ 56,98.

Publicidade

Após encerrar a segunda-feira em US$ 265,86, a ação da MicroStrategy (MSTR) havia caído em quase 7% durante o pré-mercado desta terça-feira e agora registra uma queda de 10,4%, precificada em US$ 238,21.

A queda drástica seguiu a notícia de que o analista da Jefferies, Brent Thrill, rebaixou a empresa de Michael Saylor de “Acúmulo” (“Hold”) para “Baixo desempenho” (“Underperform”).

A MicroStrategy possui 122.699 BTC, equivalentes a US$ 2,7 bilhões, em seu balanço patrimonial, mesmo que a empresa esteja com prejuízos não realizados de US$ 1 bilhão após ter investido US$ 3,97 bilhões na criptomoeda.

Isso aconteceu por conta da queda do mercado cripto que fez o principal criptoativo do setor se desvalorizar 56% desde o início do ano.

Publicidade

“Falta de execução” da MicroStrategy

Em um comunicado a investidores, Thill também mencionou a Tesla que, na semana passada, vendeu 75% de seus bitcoins, afirmando que, em uma época em que empresas se livram de suas alocações cripto, “a abrangência desanimadora é por conta da falta de execução da MicroStrategy em sua inteligência comercial em meio ao complicado cenário macro”.

A empresa listada na Nasdaq fará sua apresentação de resultados do segundo trimestre na próxima semana e o analista notou que “espera-se por uma atualização sobre a intenção da gestão em continuar investindo em bitcoin”.

Thill também prevê que a MicroStrategy deve informar um crescimento de receita de 4%, que é mais do que a estimativa média de 3% de Wall Street.

Ele também acrescentou a expectativa de ajuste nas margens operacionais, exceto pelas perdas por imparidade de 13,6% em comparação aos prejuízos de 15,5% por Wall Street; e um crescimento de cobranças negativas de -6% em comparação aos +6% de Wall Street.

Publicidade

Porém, o CEO da MicroStrategy, Michael Saylor, continua otimista apesar dos acontecimentos recentes em torno da empresa.

Por ser um ferrenho apoiador do bitcoin, ele sempre enfatizou o comprometimento da MicroStrategy com a principal criptomoeda da indústria. Nesta terça-feira, ele declarou no Twitter que “o bitcoin nunca perde resultados”.

Enquanto isso, o bitcoin registra uma queda de 4% nas últimas 24 horas e está cotado a US$ 20.960, de acordo com o CoinMarketCap.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Se o halving é bullish para o Bitcoin, por que o preço costuma cair logo em seguida?

Se o halving é bullish para o Bitcoin, por que o preço costuma cair logo em seguida?

Se o halving é tão importante para as altas do Bitcoin, por que os dados históricos mostram que o BTC cai um ano após cada halving? Entenda.
piramide financeira criptomoedas

Ex-diretora da pirâmide OneCoin é condenada a 4 anos de prisão nos EUA

Onecoin foi criada pela búlgara Ruja Ignatova, a famosa “Rainha das Criptomoedas” foragida do FBI
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin ganha força à espera de dados de emprego nos EUA; Paraguai propõe suspender mineração cripto

Manhã Cripto: Bitcoin ganha força à espera de dados de emprego nos EUA; Paraguai propõe suspender mineração cripto

Bitcoin e Ethereum vão em direções opostas nesta sexta-feira (5), com investidores globais atentos aos dados do mercado de trabalho nos EUA
Ilustração de moeda gigante de Bitcoin observada por investidores e prestes a ser cortada ao meio

Como será o futuro do Bitcoin à medida que recompensas aos mineradores ficam cada vez menores?

O que vai acontecer em 2140, quando os mineradores de Bitcoin não ganharem mais recompensas por blocos minerados?