Imagem da matéria: Academia de musculação em Campinas aceita bitcoin; "No futuro será igual a cartões de débito", diz dono
Imagem do interior da academia (Foto: Sport Swift Academia)

Uma empresa do segmento fitness, a Sport Swift Academia, localizada no bairro Swift, em Campinas (SP), há dois meses adotou o bitcoin como mais um meio de pagamento para seus clientes.

O proprietário da academia, o campineiro Fernando de Jesus, que é formado em Educação Física pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas, conheceu o mercado de criptomoedas em 2018 e passou a fazer seus primeiros investimentos em agosto.

Publicidade

O empresário considera que aceitar o bitcoin é uma iniciativa fundamental para o incentivo de pessoas a usar a moeda digital nos comércios.

A ideia de adotar a criptomoeda na empresa, fundada há cinco anos e especializada em musculação, partiu de sua crença num “mercado novo e promissor”, além de poder fazer a sua parte na criptoeconomia.

“Eu acredito que futuramente os pagamentos com bitcoin serão iguais aos de hoje por meio de cartões de crédito ou débito”, disse Jesus por telefone ao Portal do Bitcoin.

A academia de Jesus tem uma boa localização, pois fica em uma bairro estratégico que antigamente abrigava várias indústrias, como Coca-Cola, Matarazzo e, particularmente, a empresa de processamento de alimentos Swift, hoje pertencente à JBS USA Holdings.

Publicidade

Jesus disse que por enquanto só vai aceitar o bitcoin, visto que sua experiência no novo mercado ainda é pequena.

No entanto, falando à reportagem, ele não descarta aceitar outros criptoativos mais pra frente, como o Ether da Ethereum, por exemplo, que estuda atualmente.

Primeiro recebimento em BTC

Não fosse um descuido do próprio dono da academia, a empresa já teria em conta sua primeiras frações de bitcoin.

O empresário contou que não estava presente quando, há pouco tempo, um cliente foi pagar sua mensalidade com a criptomoeda e nenhum dos colaboradores sabia como realizar a transação.

Publicidade

Depois desse incômodo, Jesus deu treinamento para pelo menos quatro pessoas.

“Não deu certo. Só eu tinha o aplicativo e naquela ocasião eu não estava na academia. Mas agora já está tudo certo. Eu ensinei o pessoal”.

Jesus disse que o cliente acabou não pagando em dinheiro e deixou para pagar nesta semana, pois queria mesmo pagar em criptomoeda. “Inclusive o cliente afirmou que todo mês vai pagar com bitcoin”.

O novo meio de pagamento da academia de Jesus já foi anunciado no Instagram e Facebook.

A Sport Swift Academia fica na Rua da Abolição, 2855, no bairro Swift, em Campinas, São Paulo.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de baleia nadando com moeda de bitcoin em seu interior

Baleia movimenta R$ 321 milhões em Bitcoin pela 1ª vez em uma década

Quando o investidor desconhecido adquiriu os bitcoins em 2013, a cotação do ativo não passava de US$ 120
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
bitcoin e ethereum em grafico vermelho de queda

Bitcoin e Ethereum passam a cair e provocam liquidações de US$ 150 milhões

Tanto o Bitcoin quanto o Ethereum despencaram na manhã de sexta-feira (10), provocando uma onda de liquidação de longo prazo
Imagem da matéria: Questões sociais são desafio para debate do Bitcoin, diz autor de livro da Editora Portal do Bitcoin

Questões sociais são desafio para debate do Bitcoin, diz autor de livro da Editora Portal do Bitcoin

“Parte técnica você descreve como funciona e acabou. Nas vacas sagradas leva um bom tanto de desconstrução de conceitos”, diz Breno Brito