Imagem da matéria: Liquidações nos mercados de futuros foram responsáveis por afundar o preço do Bitcoin (BTC)
Foto: Shutterstock

O bitcoin (BTC) encerrou o mês de novembro com uma volatilidade extrema e perdas significativas, que foram exacerbadas por um enorme evento de liquidações nos mercados de futuros.

Isso aconteceu após as preocupações sobre as iniciativas de “tapering” (de finalização das compras de ativos) do Federal Reserve Bank dos EUA e o surgimento da variante ômicron do coronavírus, que resultaram no enfraquecimento tanto dos mercados de bitcoin como dos tradicionais.

Publicidade

O bitcoin começou o mês em US$ 54.815 e subiu para uma alta de US$ 59.041 antes de despencar para uma baixa de US$ 45.032 no último sábado (4). Considerando a queda, o mercado caiu 34,5% de sua alta recorde registrada em 9 de novembro.

Para caracterizar essa volatilidade, a newsletter da Glassnode desta semana irá explorar:

– O evento de desalavancagem que aconteceu e direcionou grande parte das liquidações do fim de semana;

– Perdas realizadas em blockchain, avaliadas entre diversos grupos de investidores;

– O impacto das dinâmicas de fornecimento de HODLers e o que padrões de armazenamento de moedas nos dizem sobre o sentimento.

Preço do bitcoin (Imagem: Glassnode)

O alto volume se encontra com a alta volatilidade

Na newsletter e no relatório em vídeo da semana passada, a Glassnode falou sobre os riscos elevados apresentados pela alta nas posições abertas nos mercados de futuros de bitcoin, onde níveis contínuos de auge criaram o combustível necessário para um evento de alta volatilidade.

O enfraquecimento nos mercados tradicionais na última sexta-feira (3) pesou sobre outros ativos em todo o mundo, fazendo com que o preço do bitcoin ficasse em cerca de US$ 53 mil e próximo ao suporte técnico de pivô.

Publicidade

Quando o preço não foi mantido, a pressão de venda resultou em uma cascata de liquidações de compra. Em poucas horas, Posições Abertas em Futuros haviam descarregado US$ 5,4 bilhões em contratos, uma redução de 24,5% em valor total do setor.

Posições abertas em futuros de bitcoin – todas as corretoras (Imagem: Glassnode)

O gráfico dos encerramentos de contratos no último sábado chegou a um total de 58.202 BTC em valor.

Na denominação em bitcoin, essa liquidação foi a segunda maior mudança em um único dia nas Posições Abertas em Futuros em 2021, superada apenas pela histórica liquidação em 19 de março, que totalizou 79.244 BTC.

Outros grandes acontecimentos deste ano incluem:

12 de maio: o mesmo dia em que a Tesla disse que não iria mais aceitar bitcoin como pagamento por veículos elétricos;

26 de julho: um “short-sequeeze” ajudou a impulsionar o ciclo de alta após registros de baixa;

7 de setembro: o mesmo dia que El Salvador começou a aceitar o bitcoin como moeda corrente.

Posições abertas em futuros de bitcoin – variação de um dia (Imagem: Glassnode)

O mercado de futuros não foi o único setor de derivativos que teve um alto volume e interesse nas últimas semanas.

Publicidade

A atividade de opções tende a atingir um auge em dias de liquidações e altas em que traders de hedge visam capturar prêmios de volatilidade. A queda da semana passada teve o segundo maior volume de opções horárias desde maio – mais do que US$ 1,7 bilhão por hora.

Além disso, o Volume de Opções aumentou mais de 250% desde julho, agora registrando mais de US$ 1 bilhão diário.

Volume de opções de bitcoin – todas as corretoras (média móvel de 24 horas) (Imagem: Glassnode)

Futuros perpétuos voltam à estaca zero

A Taxa de Financiamento Perpétuo de Futuros representa a tendência direcional de posições alavancadas e ajuda a gerenciar o equilíbrio no mercado de futuros perpétuos.

Quando as taxas de financiamento são positivas, traders de posições de compra (“long”) estão pagando por um prêmio para traders de posições de venda (“short”) pelo privilégio de manter suas posições abertas. Em épocas de preço contínuo de alta, isso pode ser o custo de fazer negócio.

Da mesma forma, quando as taxas de financiamento são negativas, traders de posições de venda estão pagando os de posição de compra enquanto uma grande tendência de urso (“bear”) domina os futuros.

Publicidade

Quando uma cascata agressiva de encerramentos é iniciada, a força das liquidações pode impulsionar o financiamento agregado pela linha mediana e na direção oposta, que aconteceu no sábado.

Após US$ 5,4 bilhões em Posições Abertas terem sumido, a Taxa de Financiamento Perpétuo despencou para -0,035%, demonstrando um retorno à estaca zero de tendência de financiamento.

A redefinição do financiamento representa a primeira taxa agregada negativa desde o fim de setembro e o desconto mais profundo desde o regime negativo e contínuo de julho.

Taxa de financiamento perpétuo em futuros de bitcoin – todas as corretoras (Imagem: Glassnode)

Desde a última redefinição de financiamento, o mercado de perpétuos manteve um regime de prêmios por mais de dois meses.

A confiança entre traders pode oscilar ao longo do tempo e o monitoramento da tendência da Dominância de Liquidações de Compra pode fornecer percepções sobre as mudanças cíclicas no sentimento de especuladores.

Conforme o preço subiu desde as altas em julho, a tendência de venda existente continuou até o ciclo de alta. Liquidações de venda dominaram os futuros por semanas conforme tendências foram testadas e só no começo de outubro a tendência começou a se reverter.

Publicidade

A confiança mudou completamente no fim de outubro e um regime contínuo de prêmios liderou o mercado enquanto traders de posições de compra sentiram a dor dos liquidadores. Essas tendências cíclicas fazem parte da oscilação natural dos mercados.

Dominância de liquidações de posições de venda em futuros de bitcoin – todas as corretoras (média móvel de 168 horas) (Imagem: Glassnode)

Quando o preço cria novas altas, sempre existem traders que compram na alta. Esses novos investidores são o primeiro grupo testado pelo próximo período de incerteza e nada sugere “incerteza” como uma liquidação súbita nos futuros.

Com liquidações em cascata vêm os gastadores em perda e o acontecimento da última semana estabeleceu uma alta recente para Prejuízos Realizados em blockchain.

A soma das moedas gastas em perdas em 4 de dezembro totalizou US$ 3 bilhões. No sábado, marcas anteriores de alta foram definidas em 19 de maio e 25 de junho, com perdas de US$ 4,5 bilhões e US$ 3,8 bilhões, respectivamente.

Prejuízo realizado em bitcoin (Imagem: Glassnode)

HODLers preparam o terreno

Agora que o setor de derivativos foi avaliado, nos voltamos às dinâmicas de fornecimento em blockchain que ilustram o comportamento de HODLers.

Os vários grupos do fornecimento de bitcoin que compõem a classe de HODLers são os guias inerentes utilizados para determinar a direção macro do mercado e considerar o sentimento do (suposto) “smart money”.

As Ondas de HODL visualizam a totalidade do fornecimento do bitcoin dividida pela idade das moedas:

Moedas recém-gastas têm zero vida útil e aparecem nas faixas mais jovens (de cores mais quentes) na parte inferior para começarem a envelhecer.

Conforme moedas ficam dormentes e amadurecem, se graduam para grupos mais velhos e mais altos (de cores mais frias).

Quando o filtro foi aplicado para mostrar moedas mais novas do que três meses, percebe-se que apenas 2,63% do fornecimento de moedas mais antigas foi distribuído para esse grupo desde 27 de outubro.

Isso significa que mais de 97% do fornecimento mais antigo do que três meses continuou sem ser gasto desde a alta e retração mais recentes. HODLers de moeda antigas não as estão gastando, de modo geral.

Ondas de HODL de bitcoin (Imagem: Glassnode)

Para aprofundar essa perspectiva, analisamos a Dormência, que mede a idade média de transações (em dias) em blockchain por unidade de BTC gasta. É similar à métrica de Vida Útil Média para Transações de Saída, mas com uma ponderação de volume.

Dormência Crescente sugere que moedas mais antigas estão sendo gastas a volumes mais altos.

Dormência Decrescente indica uma redução no volume de gastos de moedas mais antigas.

O nível médio inicial para 2020 era um nível de Dormência de 40 dias e, agora, estamos bem abaixo desse valor, em uma média de 25 dias. Na verdade, a Dormência está em um declínio macro desde o auge do ciclo de alta em janeiro.

A consequência é que grupos de HODLers estão exibindo um comportamento de amadurecimento estável e a atividade no blockchain é dominada por moedas mais novas.

Em termos gerais, isso demonstra a alta convicção, apesar da extrema volatilidade e perdas. É um grande contraste à ação de preço desta semana.

Dormência de entidades de bitcoin (média móvel de 14 dias) (Imagem: Glassnode)

Sabendo que moedas mais antigas continuam adormecidas, corretoras podem ser analisadas para determinar quanta atividade pode estar acontecendo lá e corroborar com a teoria da falta de distribuição.

A Dominância de Taxas em Corretoras analista a atividade total em corretoras como uma porcentagem de taxas em blockchain diariamente. A alta atividade pode ser interpretada como característica de interesse ou urgência elevada para holders.

Quando esse valor está alto ou subindo, corretoras estão produzindo atividade de liquidação elevada em blockchain, conforme registrado no fim de 2020 e no primeiro trimestre de 2021, durante o ciclo de alta.

Atividade estável ou decrescente significa que corretoras estão passando por uma redução na liquidação em blockchain e uma atividade mais tranquila como um todo conforme o interesse se dissipa ou investidores se aquietam.

A observação a ser feita sobre a Dominância da Taxa de Corretoras é a queda vertiginosa desde a alta recorde mais recente. Agora, taxas de corretoras estão em sua menor porcentagem de atividade de liquidação em blockchain desde outubro de 2020.

Dominância de taxas em corretoras de bitcoin (média móvel de sete dias) (Imagem: Glassnode)

O saldo de BTC em corretoras é uma métrica importante de ser monitorada em épocas de volatilidade, pois marca a principal barreira de saída para detentores: colocar moedas à venda em uma corretora.

Observa-se o fluxo de moedas de/para corretoras ao analisar o Volume de Transferência Líquida em Corretoras.

Durante a capitulação em maio, corretoras passaram por um aumento notável e contínuo de influxos de BTC, com períodos de 10,4 mil e 13,9 mil de depósitos líquidos em BTC.

Isso se contrasta com o presente momento, em que influxos recentes de auge em corretoras são uma fração do tamanho, em 2 mil e 3,2 mil BTC.

Detentores de bitcoin não estão se comportando como estavam em momentos de enfraquecimento, sugerindo uma confiança implícita e confirmando bastante que o enfraquecimento foi bem mais influenciado pelos mercados de derivativos do que pela venda spot.

Volume de transferência líquida de/para corretoras de bitcoin – todas as corretoras (média móvel exponencial de sete dias) (Imagem: Glassnode)

Então se moedas mais antigas não estão sendo amplamente gastas e corretoras não estão passando por atividade elevada, então de onde estão vindo as moedas gastas?

Estão vindo dos Detentores a Curto Prazo – investidores que compraram nos últimos meses e que, em grande parte, estão gastando em meio a perdas.

Essa métrica mostra a rentabilidade de moedas gastas por Detentores a Curto Prazo. O gráfico abaixo é interpretado da seguinte forma:

Altos padrões de valor indicam lucro obtido por moedas gastas a preços mais baixos.

Variações contra um valor de 1 são testes do custo-base de detentores.

Padrões abaixo de 1 indicam que moedas estão sendo gastas em meio a perdas.

A métrica de lucro (SOPR) de Detentores a Curto Prazo registrou seu valor mais baixo desde o fim de julho, mostrando a assinatura característica de uma capitulação por investidores mais novos.

Detentores a Curto Prazo que estão realizando seus prejuízos significa que já estão gastando-as. Esse grupo parece ser o único que reagiu significativamente aos acontecimentos da última semana. HODLers mais maduros não se mexeram.

Margem de lucro de detentores de bitcoin a curto prazo (Imagem: Glassnode)

Por meio da análise de dados pela Glassnode, a liquidação da semana passada foi direcionada por liquidações nos mercados de futuros e os diversos grupos em blockchain que compõem o fornecimento do bitcoin não se abalaram.

Aqueles que estão gastando moedas parecem ser predominantemente aqueles que compraram na alta e estão realizando suas perdas e capitulando.

Altos níveis de alavancagem seguidos pela volatilidade de preço são uma receita clássica para uma correção e momentos capitulativos, como o bitcoin, apenas passaram pelo que é infelizmente necessário para que mercados voltem a seu equilíbrio saudável.

A questão fundamental que precisa de resposta nas próximas semanas é se o sentimento de mercado foi bastante abalado para que a convicção implícita desta semana irá se deteriorar ou continuar.

Sobre o autor

A Glassnode é uma provedora de dados e inteligência de blockchain que gera métricas e ferramentas onchain para quem realmente quer entender o mercado de criptomoedas.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização da Glassnode.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ethereum sobe 2,3% e faz traders que apostavam na queda serem liquidados em US$ 20 mi

Ethereum sobe 2,3% e faz traders que apostavam na queda serem liquidados em US$ 20 mi

Um total de US$ 20 milhões em contratos de venda e US$ 1,9 mi em contratos de compra de Ethereum foram liquidados nas últimas 24 horas
Imagem da matéria: Kaspa (KAS): Conheça a criptomoeda com o melhor desempenho da semana no top 100

Kaspa (KAS): Conheça a criptomoeda com o melhor desempenho da semana no top 100

Com alta de mais de 20% em sete dias, a Kaspa (KAS) lidera com tranquilidade os ganhos da semana entre as 100 maiores criptomoedas do mercado
Celular mostra logotipo da memecoin BONK

Memecoins da Solana Bonk e Billy disparam em meio à queda do mercado

Movimentos significativos foram feitos no mercado, transformando a BONK na maior memecoin de Solana e o Gigachad o maior vencedor semanal
Imagem da matéria: Disparidade de gênero na indústria e visão para o Brasil: CEO da Bitget analisa o momento do mercado

Disparidade de gênero na indústria e visão para o Brasil: CEO da Bitget analisa o momento do mercado

Única mulher CEO entre as grandes corretoras de criptomoedas, Gracy Chen criou programa de US$ 10 milhões pára promover equidade de gênero