Imagem da matéria: XP, Modalmais ou Nubank? Comparando 3 cartões de crédito lançados em 2021
Foto: Shutterstock

Hoje em dia, o uso de cartões de crédito é uma modalidade de pagamento que vem se tornando cada vez mais acessível ao público em geral.

Mas isso não é surpresa quando notamos que há um número cada vez maior de empresas que oferecem cartões de crédito ao consumidor. 

Publicidade

Se antes a oferta era mais restrita aos bancos tradicionais e grandes instituições financeiras, atualmente existem opções oriundas de fintechs, corretoras, redes de supermercado e varejo, companhias de moda e vestuário, entre outras. Na verdade, o negócio de crédito se tornou uma via muito lucrativa no faturamento dessas empresas. 

De acordo com o Banco Central, o pagamento com cartão de crédito no primeiro trimestre de 2021 teve uma média de 3,1 milhões de transações por minuto. Sendo assim, foi uma das modalidades com a maior quantidade de transações no período.

Considerando isso, o mercado de cartões de crédito apresenta atualmente uma disputa brutal por novos clientes dos mais diversos públicos. Nesse sentido, os pacotes de benefícios se mostram cada vez mais competitivos e cheios de detalhes, sendo um verdadeiro trabalho encontrar a melhor opção.

Pensando nisso, o Guia do Investidor fez um comparativo entre os melhores e mais recentes cartões de crédito baseados em uma série de posts analisando as informações de cada cartão. Acompanhe a seguir os critérios e os resultados obtidos.

Publicidade

O que avaliar em um cartão de crédito?

Embora a quantidade de cartões de crédito ofertados seja grande, ainda é possível traçar alguns denominadores em comum para estabelecer critérios sobre qual opção é mais vantajosa.

Entre os cartões observados, levou-se em consideração: 

  • A anuidade;
  • Tarifas, taxas e outras cobranças;
  • O programa de cashback;
  • O pacote de benefícios e características.

Cartões envolvidos: XP, Modalmais e Nubank

Para esta comparação, foram escolhidos três cartões, todos lançados em 2021: o cartão XP Visa Infinite, o Modalmais Visa Infinite e o Nubank Ultravioleta.

Em comum, todos estes cartões fazem parte da linha premium de suas companhias — ou seja, com foco no público de alta renda —, além de contar com o que há de mais moderno em relação a tecnologia, segurança e praticidade. Vamos conferir a seguir sobre o que há de melhor em cada opção.

Anuidade

A anuidade se trata de uma tarifa cobrada para permitir o uso do cartão. Embora fosse comum no passado, as transformações no mercado nos últimos anos permitiram a existência de opções até com anuidade zero, como veremos a seguir:

Publicidade
CartãoAnuidade
Cartão ModalmaisR$ 100,00¹
Cartão NubankR$ 49,00¹
Cartão XPZero

¹Possibilidade de isenção de anuidade.

Conforme a tabela, o cartão XP sai na frente apresentando anuidade zero aos seus clientes. 

No caso dos cartões Modalmais e Nubank, por outro lado, existem certas condições para não receber cobrança de anuidade. Mas por padrão, vale dizer que a anuidade oficial ainda é a que consta na tabela.

Em resumo, com o Modalmais, existem ofertas especiais envolvendo os primeiros meses de anuidade zero e ainda descontos com base nos gastos realizados com o cartão de crédito. Assim, gastando no mínimo R$ 6 mil no cartão, o desconto é de 50%; enquanto o gasto mínimo de R$ 10 mil ou possuindo R$ 150 mil investidos na plataforma resultam em um desconto de 100%.

A respeito do Nubank, a anuidade pode ser zero caso o gasto médio mensal dos últimos três meses seja de R$ 5 mil ou então contando com R$ 150 mil investidos na plataforma do Nubank ou da Easynvest, a corretora da fintech.

Tarifas, taxas e outras cobranças

Embora nem todas as informações relativas a tarifas e outras cobranças dos cartões estejam disponíveis online, é possível ficar por dentro de parte de seus custos.

Nesse sentido, alguns dos valores cobrados pelas instituições financeiras são os seguintes:

ModalmaisNubankXP
SaqueR$ 6,90¹ZeroR$ 6,50¹
Emissão 2ª viaR$ 15ZeroR$ 15
Compra internacional4% + IOF4% + PTAX Venda + IOF4% + IOF
ParcelamentoNão informadoEntre 0,99% e 13,75% a.m.3,9% a.m.
Juros RotativoNão informadoEntre 2,75% e 14% a.m.5,9% a.m.

¹A cobrança ocorre após os 4 saques gratuitos no mês.

Pelo fato do Modalmais não apresentar mais detalhes de cobrança de juros, não há como compará-lo com os demais.

Mas em compensação, podemos perceber que o cartão Nubank se destaca por não cobrar saques, tampouco a emissão de segunda via. 

Publicidade

Por outro lado, falando das cobranças de juros, a XP sai na frente por apresentar porcentagens menores, sendo um fator de peso ao seu favor.

Cashback

O Cashback — ou dinheiro de volta, em tradução direta — é um dos benefícios que vem se tornando padrão como forma de fidelização do cliente. 

Em suma, ele se trata da devolução de uma porcentagem dos gastos feitos, que pode ser em uma plataforma, promoção ou pelo cartão de crédito, nesse caso.

De acordo com as páginas dos cartões, os seus programas de cashback são os seguintes:

CartãoCashbackInvestbackTem Validade?
Cartão ModalmaisAté 2% do valor das comprasAté 36% em 12 mesesNão
Cartão Nubank1% em todas as compras200% do CDI Não
Cartão XPAté 10% em todas as compras99,5% do CDINão

A princípio, todos os programas contam com um sistema de “investback”, ou seja, os pontos acumulados podem render mais em um período de tempo. Por conta disso, eles não expiram e ainda podem ser resgatados em dinheiro, sendo um ponto positivo em todos.

Por outro lado, o cartão da XP se destaca pela possibilidade de maior ganho de cashback, dependendo do seu comportamento de consumo. Assim, para resgate imediato, parece ser a opção mais vantajosa.

Enquanto isso, o cartão do Modalmais apresenta maior potencial de rendimento em seu programa chamado de “cash forward”. Nesse caso, dentre os programas de investback, mostra-se como o de melhor resultado.

Publicidade

Benefícios e características

Falando sobre benefícios, os cartões Modalmais e XP contam com o pacote automático de sua bandeira Visa, o Visa Infinite. O Nubank, por outro lado, conta com a bandeira Mastercard e oferece os benefícios do programa Mastercard Black.

Na prática, ambos os programas são compostos de vantagens parecidas em relação a seguros, proteções, milhagem, benefícios, entre outros. A maior diferença entre os dois é que o Mastercard Black dá acesso a uma área VIP no aeroporto de Guarulhos, enquanto o Visa Infinite não tem nada parecido.

Em relação as demais características, os cartões analisados apresentam os seguintes dados:

Benefícios e característicasModalmaisNubankXP
Visa InfiniteXX
Mastercard BlackX
Cobertura InternacionalXXX
Cashback e InvestbackXXX
Tecnologia ContactlessXXX
Tecnlogia Motion CodeX
Limite DinâmicoX
Carteiras de PagamentoGoogle PayApple PayWhatsApp PayGoogle PayApple Pay Samsung Pay

Entre os diferenciais, podemos destacar a tecnologia Motion Code do cartão Modalmais. Em resumo, ela permite que o código CVV apresentado no cartão se altere a cada hora, sendo uma tecnologia de ponta no quesito segurança.

Por outro lado, o cartão XP consegue se destacar pelo seu sistema de limite dinâmico, que se ajusta ao valor dos investimentos na plataforma, podendo chegar a 85% do valor total investido, além do tradicional critério por histórico de gastos.

Além disso, o cartão da XP e do Nubank já possuem integração com as carteiras de pagamentos do Google e Apple, além da presença isolada na Samsung Pay (para a XP) e no WhatsApp Pay (para o Nubank).

Afinal, qual é a melhor opção?

Certamente, todos os cartões apresentam bons benefícios e diferenciais interessantes, de modo que a melhor opção dependerá de quais critérios são prioridade.

Por exemplo, a inovadora tecnologia Motion Code do cartão Modalmais Visa Infinite certamente irá agradar quem se importa mais com a segurança, apesar de sua anuidade mais cara.

Caso a integração com o serviço de pagamentos do WhatsApp Pay seja um tópico relevante, por outro lado, o cartão Nubank Ultravioleta se torna mais vantajoso, visto que seus outros fatores ficam em um meio termo entre cartões comparados.

Enquanto isso, o cartão XP Visa Infinite se destaca, sobretudo, pela anuidade zero, mas também pelo seu programa de cashback, que pode ser bastante vantajoso dependendo do seu perfil de consumo e ainda pelos seus juros baixos mais baixos que a média do mercado.

Ainda assim, caso as dúvidas persistam, o ideal é, se possível, conversar com alguém que possua um dos cartões para dar todos os detalhes que faltam antes da decisão final.


Texto escrito por Victor Rodrigues – Redator no Guia do Investidor e formado em Economia pela PUC-SP.

VOCÊ PODE GOSTAR
simbolo do dólar emergindo de placa de computador

Mercado Bitcoin lista duas novas stablecoins da startup Aryze

Ambas as moedas, devido à paridade com o dólar americano e à libra esterlina, representam estabilidade e diversificação na carteira dos investidores
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

Polícia Civil de SP pede prisão de donos da Braiscompany e mais dois funcionários

Antônio Neto Ais já está preso na Argentina, enquanto Fabrícia Campos está em liberdade condicional
homem segura com duas mãos uma piramide de dinheiro

Polícia do RJ investiga grupo acusado de roubar R$ 30 milhões com pirâmide financeira

Para ganhar a confiança dos investidores, a empresa fraudulenta fazia convites para assistir jogos de futebol em camarote do Maracanã
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de forex e criptomoedas de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Kaarat