Imagem da matéria: Exclusivo: XP Investimentos Vai Criar Corretora de Bitcoin
(Foto: Divulgação)

A maior empresa de investimentos do Brasil, com 500 mil clientes ativos e mais de R$ 120 bilhões sob custódia, vai entrar com força no mercado de criptomoedas e abrir a própria corretora de Bitcoin. De acordo com dados da Receita Federal, a XP Investimentos registrou XDEX INTERMEDIACAO LTDA, cujo capital social é de R$ 25 milhões.

Os dados da Junta Comercial do Estado de São Paulo mostram que a empresa já teve outro nome: foi batizada de XP COIN INTERMEDIACAO em agosto de 2017. No final de novembro, quando recebeu uma injeção de capital de R$ 5 milhões, a futura corretora virou a XDEX. Em fevereiro de 2018, um novo aporte de R$ 20 milhões é realizado.

Publicidade

No documento da Receita, aparecem os nomes de três funcionários da XP. Constam como sócios Bernardo Amaral Botelho e Carlos Alberto Ferreira Filho. O administrador está registrado como Julio Capua Ramos da Silva.

Embora fora do ar, o site da nova empresa (www.xdex.com.br) tem o mesmo CNPJ da futura corretora. O responsável pelo domínio é o mesmo Botelho que consta no quadro societário. Como é possível ver abaixo, termo ‘Coin’ se manteve.

Questionada pelo Portal do Bitcoin, a empresa disse por meio da assessoria de imprensa que não iria se manifestar.

Ainda não se sabe qual será o serviço prestado pela nova corretora. Uma fonte, que não quis ser identificar, afirmou que a atuação será no chamado mercado de balcão. Ou seja: focado em movimentações de grandes volumes de capital e BTC.

XP Investimentos e Bitcoin

Ao longo dos últimos meses, a XP vem trabalhando em uma estratégia para criptomoedas. Em outubro de 2017, como revelou Allex Ferreira, a corretora de ações deu a primeira pista: registou na marca XP Bitcoin no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).

Publicidade

Na época, a XP foi procurada pelo jornal Estadão e informou que estava estudando o mercado de moedas digitais e analisando as possibilidades. Ao que tudo indica, gostou do resultado da análise. Já no mês seguinte, contratou um dos principais nomes brasileiros da área para comandar o setor de criptomoedas: o economista Fernando Ulrich.

No ano passado, a XP teve 49,9% das ações compradas pelo banco Itaú. O valor total da negociação foi de R$ 5,7 bilhões.

VOCÊ PODE GOSTAR
simbolo do dolar formado em numeros

Faculdade de Direito da USP recebe evento da CVM sobre democratização dos mercados de capitais

Centro de Regulação e Inovação Aplicada (CRIA) da CVM vai a “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil” com transmissão ao vivo no Youtube
Imagem da matéria: Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Dados do CoinGecko mostram que o Bitcoin subiu cerca de 3% no último dia e no período de uma semana valorizou em 9%
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 62 mil em dia de quedas generalizadas; Dogwifhat desaba 12%

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 62 mil em dia de quedas generalizadas; Dogwifhat desaba 12%

As quedas resultaram em liquidações de US$ 148 milhões no mercado de criptomoedas nas últimas 24 horas
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas