Imagem da matéria: Volume de transferências diárias de bitcoin chega a US$ 177 bilhões e bate recorde
Foto: Shutterstock

A rede do bitcoin movimentou na semana passada um volume recorde de transferências diárias de US$ 177,9 bilhões, um novo recorde histórico segundo o analista de dados on-chain Dylan LeClair.

Ao compartilhar, na quarta-feira (15), no Twitter um gráfico da Glassnode que mostra o volume médio de transferências, ele aponta também que no mesmo intervalo de tempo, as taxas cobradas pela rede ficaram em torno de US$ 600 mil por dia. 

Publicidade

“Em outras palavras, na última semana, para enviar valor ponto a ponto para qualquer lugar do mundo, por meio de um protocolo descentralizado, resistente à censura e imutável, os usuários pagaram US$ 1 para cada US$ 294 mil transferidos”, escreveu LeClair.

Ao expandir a análise para a rede Ethereum, o analista aponta que o volume médio de transferências diárias na camada de base foi de US$ 7 bilhões, um número distante da máxima de maio. A métrica, no entanto, ignora as transações processadas na segunda camada do Ethereum que atualmente representam uma parte significativa do volume do projeto.

Detentores de longo prazo seguem firme

Os fundadores da Glassnode, Yann & Jan, notaram que nos últimos dias os investidores “mãos firmes” entraram em ação para comprar a queda quando uma parte do mercado recuou quando o BTC caiu para uma mínima de US$ 44 mil.

“Alguns detentores de bitcoin ficaram abalados na semana passada, realizando perdas na rede. À medida que o BTC quebrou acima de US$ 48 mil, os lucros e perdas realizadas ficaram positivo e o mercado está absorvendo essas moedas gastas”. 

Publicidade

Aliás, o recorde no volume de transações diárias de bitcoin chegou na mesma semana em que os detentores de longo prazo passaram a ter em mãos a maior quantia de moedas da história, cerca de 12,97 milhões de BTC, conforme mostrou o relatório semanal da Glassnode.

“Podemos ver que a reserva detida por detentores de longo prazo atingiu 79,5% de todas as moedas de BTC essa semana, o que é equivalente ao nível alcançado em outubro antes do início do mercado em alta”, diz o relatório que interpreta o movimento como um sinal positivo para o mercado:

“Os picos de reserva desses detentores normalmente se correlacionam com os mercados de baixa em estágio avançado, que são historicamente seguidos por um aperto na oferta e início de corridas de alta cíclicas”.

O analista Will Clemente também notou no início da semana que, embora o número de baleias de bitcoin esteja em queda, a quantidade de criptomoedas em posse desses grandes detentores vem aumentando de forma gradativa nos últimos dois meses, conforme é possível ver no gráfico abaixo: 

Balanço das baleias de bitcoin.
Balanço das baleias de bitcoin (Fonte: Glassnode)
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Câmara dos EUA aprova nova lei cripto em dia decisivo para ETFs de Ethereum

Manhã Cripto: Câmara dos EUA aprova nova lei cripto em dia decisivo para ETFs de Ethereum

Nesta quinta-feira termina o prazo para a SEC aprovar ou rejeitar o ETF de Ethereum da VanEck
solana, criptomoedas,

Este evento vai fazer a Solana atingir US$ 400 este ano, projeta analista

Para analista da Merkle tree, a Solana pode disparar 170% este ano puxado por memecoins ligadas aos candidatos na eleição dos Estados Unidos
Imagem da matéria: El Salvador já minerou R$ 154 milhões em Bitcoin usando energia de vulcão

El Salvador já minerou R$ 154 milhões em Bitcoin usando energia de vulcão

A mineração de Bitcoin é feita com energia do vulcão Tecapa, usando 300 processadores voltados para essa atividade
Cristiano Ronaldo veste camisa da Binance

Cristiano Ronaldo lança nova coleção de NFTs enquanto é alvo de processo de US$ 1 bilhão com a Binance

O anúncio do jogador chega 27 dias depois de os EUA condenarem o criador da Binance, Changpeng “CZ” Zhao, a 4 meses de prisão