Imagem da matéria: Volatilidade do Bitcoin e Ether deve aumentar esta semana com vencimento de US$ 4,8 bilhões em opções
Shutterstock

A volatilidade do mercado de criptomoedas deve aumentar nesta semana conforme US$ 4,8 bilhões em opções de Bitcoin (BTC) e Ether (ETH) vencem na sexta-feira (29). Neste caso, especialistas dão um alerta maior já que além de fechamento do mês, o dia marcará o encerramento do trimestre também.

Às 5h (horário de Brasília) de sexta, 1,217 milhão de contratos irão vencer na corretora líder do mercado de derivativos cripto, Deribit, sendo um valor de US$ 3 bilhões em BTC e US$ 1,8 bilhão em ETH.

Publicidade

O diretor comercial da Deribit, Luuk Strijers, disse ao The Block que assim como ocorre no mercado tradicional de ações, no mundo das criptomoedas, conforme se aproximam as datas de vencimento das opções, especialmente vencimentos trimestrais, podem ocorrer “enormes volumes de negociação e volatilidade”.

Opções são derivativos muito utilizados no mercado, principalmente por investidores institucionais, para alavancar os ganhos e até proteger o investimento. “Opções” são contratos que dão ao detentor o direito de comprar ou vender um ativo por um preço predeterminado em uma data específica.

Os investidores utilizam as opções para fins que vão desde a cobertura das suas posições no mercado à vista ou de futuros contra movimentos de preços desfavoráveis, até à especulação sobre tendências.

Com isso, quando ocorre a data de vencimento dos contratos, o mercado passa por um grande ajuste de posições, em que os detentores dos contratos precisam cumprir suas obrigações, o que acaba afetando o preço à vista do ativo ao qual essa opção está ligada.

Publicidade

Impacto incerto

Apesar da expectativa por volatilidade, especialistas ressaltam que o impacto no mercado pode não ser tão grande quanto esperado.

Segundo Strijers, o valor máximo de perda para os detentores de opções está em US$ 26.500 para o Bitcoin e US$ 1.650 para o Ether. Nesta segunda-feira (25), os ativos operam em torno de US$ 26.120 e US$ 1.570, respectivamente, o que implica em uma variação relativamente baixa caso essas perdas máximas dos investidores seja atingida.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: FTX prometeu devolver 118% dos fundos dos clientes; o que acontece agora?

FTX prometeu devolver 118% dos fundos dos clientes; o que acontece agora?

Segundo os balanços, a FTX deve cerca de US$ 11 bilhões, e conseguiu levantar entre US$ 14,5 e US$ 16,3 bilhões até agora
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Fundos cripto do Brasil captam mais R$ 1,5 mi e chegam a 21ª semana consecutiva de entradas

Vindo de uma grande sequência de captação, fundos de criptomoedas do Brasil estão em 3º lugar no ranking global, atrás apenas dos EUA e Hong Kong
Vitalik Buterin na ETH Taipei 2024. Foto: Rug Radio

Como o fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, mantém suas criptomoedas seguras

“Descentralize sua própria segurança”, diz Buterin – mas ele não usa uma cold wallet para suas próprias criptomoedas
Imagem da matéria: Propina paga a Eduardo Requião foi usada para investir na pirâmide financeira do "Rei do Bitcoin"

Propina paga a Eduardo Requião foi usada para investir na pirâmide financeira do “Rei do Bitcoin”

Nova operação da Polícia Federal visando fraudes no portos do Paraná revelou uma curiosa ligação entre o irmão do Roberto Requião e um dos maiores piramideiros do Brasil