Imagem da matéria: Tributar criptomoedas será inevitável no próximo ano, diz Ministro da Coreia do Sul
Foto: Shutterstock

O ministro das finanças da Coreia do Sul, Hong Nam-ki, disse que os impostos sobre criptomoedas no país estão a caminho, de acordo com a Reuters.

“É inevitável, precisaremos impor impostos sobre os ganhos da negociação de ativos virtuais”, disse Hong em entrevista coletiva hoje.

Publicidade

Hong disse anteriormente que os impostos sobre ganhos de capital sobre as vendas de criptomoedas podem começar em janeiro de 2022. De acordo com o relatório da Reuters, quaisquer ganhos anuais de mais de 2,5 milhões de won (US$ 2.253) de negociações com criptomoedas estarão sujeitos a um imposto sobre ganhos de capital de 20%.

Além disso, Hong descreveu as criptomoedas como “ativos intangíveis”, sugerindo que seria um mal-entendido rotulá-las como moedas. Além do mais, Hong alertou que a negociação de tokens digitais está sujeita a novas formas de arrecadação ilegal de fundos e fraude, e os investidores devem estar vigilantes.

Coreia do Sul e criptos

A Coreia do Sul tem prestado muita atenção à regulamentação da indústria cripto nos últimos meses.

Em 25 de março, novas regras de relatórios financeiros entraram em vigor para as empresas de criptomoedas da Coréia do Sul. O não cumprimento pode resultar em uma multa de US$ 44.000 ou uma pena de prisão de cinco anos.

No início deste mês, o Serviço de Supervisão Financeira (FSS) e outras autoridades regulatórias da Coréia do Sul concordaram em tornar mais rígidos as regulações sobre transações de criptomoedas. Os principais bancos sul-coreanos também levantaram preocupações com a especulação de criptomoedas na época.

E apenas esta semana, a Comissão de Serviços Financeiros da Coréia do Sul (FSC) lembrou os funcionários que trabalham na regulamentação das criptos para revisar relatórios sobre seus portfólios de investimento em criptomoedas, como parte do código de conduta do FSC.

VOCÊ PODE GOSTAR
o que é mineração de bitcoin

Dificuldade de mineração de Bitcoin está despencando, mas por quê?

A redução no preço do Bitcoin, combinada com a diminuição das recompensas de mineração, resulta em menos mineradores e em uma rede menos robusta — pelo menos por enquanto
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram