Imagem da matéria: Três rivais do Ethereum estão mais desenvolvidos no mesmo "tempo de vida", segundo estudo
Foto: Shutterstock

Não existe nada melhor do que uma alta de mercado para atrair novas pessoas. Após um 2021 recorde para preços de criptomoedas, um número maior de desenvolvedores entrou para projetos de Web 3 no último ano.

De acordo com um novo relatório da empresa de investimentos cripto de estágio inicial Electric Capital, diversos ecossistemas de protocolos estão ultrapassando a Ethereum, o maior ecossistema de desenvolvedores.

Publicidade

“Polkadot, Solana, NEAR, [Binance Smart Chain (ou BSC, na sigla em inglês)], Avalanche e Terra têm um crescimento inicial de ecossistema mais rápido que o da Ethereum”, segundo o relatório.

As métricas utilizadas para chegar a essa conclusão são a duração de dias desde a primeira “contribuição” ou mudança ao código e o número total de desenvolvedores desde o lançamento.

Quando medidas em comparação à Ethereum a um estágio similar, esses ecossistemas de primeira camada têm mais desenvolvedores ativos.

Polkadot, Solana, NEAR, Binance Smart Chain, Avalanche e Terra têm crescimento inicial de ecossistema mais rápido que Ethereum (Imagem: Electric Capital)

No último ano, Solana, Avalanche, BSC e Terra surgiram como novos núcleos para atividades de Finanças Descentralizadas (ou DeFi), pois suas redes acomodam aplicações de empréstimos, swaps e outras transações de ponto a ponto.

O preço de seus tokens disparou por conta disso. NEAR também está integrando elementos DeFi, fazendo com que sua moeda nativa atingisse uma alta recorde esta semana.

Publicidade

Após diversos anos de trabalho, Polkadot lançou “parachains” no fim de dezembro, basicamente integrando blockchains menores à sua rede.

O longo relatório do Electric Capital inclui diversos elementos que põe o crescimento de ecossistemas sob perspectiva, antes que alguém a acuse de deturpar o valor geral da Ethereum enquanto fala bem de suas adversárias.

Primeiro, admite que “nem todas as contribuições são criadas da mesma forma” em termos de tempo gasto e limita seu escopo para repositórios de código aberto, que têm o efeito de contagem reduzida do total de desenvolvedores.

Segundo, divide dados de desenvolvedores de diversas formas, incluindo a análise de desenvolvedores da comunidade (que trabalham em ferramentas e aplicações daquele blockchain) e de protocolo (que trabalham no blockchain principal) que trabalham em tempo integral, meio período ou fizeram apenas uma contribuição.

Ao analisar apenas os desenvolvedores em tempo integral (aqueles com pelo menos dez contribuições por mês), Solana, Polkadot, BSC e NEAR ainda estão à frente da Ethereum a estágios comparáveis, exceto por Avalanche e Terra.

Publicidade

Terceiro, o Electric Capital também se aprofunda nos níveis de retenção entre protocolos e o que faz desenvolvedores permaneçam (aqueles que entram apenas no auge de mercado provavelmente não vão permanecer).

Descobriu que a Ethereum atrai a maior participação de novos desenvolvedores da Web 3, variando entre 20% e 25% do total a cada mês. Isso totaliza mais de 700 novos desenvolvedores mensais para a Ethereum, uma alta recorde.

Além disso, 30% desses desenvolvedores que começaram a trabalhar em projetos da Ethereum em tempo integral ainda permaneceram em 2021. Pelo setor Web 3, a retenção por três anos era de 30% – a Ethereum possui menos taxas de desgaste.

Por fim, existe um reconhecimento tácito que o Bitcoin e a Ethereum existiram em ambientes de mercado muito diferentes do que as redes novatas, como Solana e Terra. Ciclos de alta atraem desenvolvedores, de acordo com o Electric Capital, e não vice-versa.

O sucesso do Bitcoin e da Ethereum por meio de ciclos de alta anteriores ajudaram a aprimorar o amplo ecossistema cripto que conhecemos atualmente.

Publicidade

Além disso, blockchains, como Avalanche e BSC, tomaram emprestado componentes fundamentais de suas redes a partir da Ethereum, que os ajudou a atrair desenvolvedores mais familiarizados.

Em termos do estado atual (independente da idade do blockchain), a Ethereum ainda possui o maior ecossistema de desenvolvedores, apesar de o Bitcoin ter caído para o quinto lugar, atrás de Polkadot, Cosmos e Solana.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Talvez você queira ler
Imagem da matéria: Tokens de jogos NFT registram maiores ganhos na semana; RON lidera com alta 28%

Tokens de jogos NFT registram maiores ganhos na semana; RON lidera com alta 28%

Tokens ligados ao universo de jogos cripto, incluindo AXS, RON, ILV e APE, tiveram uma semana de recuperação
Imagem da matéria: Enquanto EUA lutam para aprovar ETF de Bitcoin, produtos do Brasil já movimentam R$ 473 milhões 

Enquanto EUA lutam para aprovar ETF de Bitcoin, produtos do Brasil já movimentam R$ 473 milhões 

Brasil conta com ETFs de criptomoedas desde 2021 e já tem dois grandes produtos de Bitcoin à vista, liderados por Hashdex e QR Asset
Imagem da matéria: Mineração clandestina de Bitcoin é encontrada em prédio da Suprema Corte da Polônia

Mineração clandestina de Bitcoin é encontrada em prédio da Suprema Corte da Polônia

Os equipamentos de mineração de Bitcoin estavam instalados em um duto de ventilação do prédio; dois funcionários foram demitidos
Telas de smartphone e computador sobrepostas mostram logo da corretora Mercado Bitcoin

Black Friday: MB faz ação com recompensas em Bitcoin e parceria com Magalu

Ações irão dar até R$ 800 no programa de indicações de novos clientes e cashback no Magalupay, que conta tecnologia do MB