Imagem da matéria: Trader "espertão" transforma US$ 22 mil em US$ 10 milhões e levanta suspeita de insider trading
Foto: Shutterstock

Uma negociação impecavelmente bem cronometrada levantou acusações de insider trading após ter gerado um retorno de quase 46.000% para um trader que abriu opções de compra na empresa Splunk — apenas um dia antes da Cisco Systems adquirir a empresa de cibersegurança orientada por inteligência artificial em um acordo bilionário.

Em um tweet na quinta-feira (21), o Unusual Whales — que fornece dados de trades — sinalizou um “trade louco” no qual alguém abriu 127 chamadas de compra de Splunk ($SPLK) na quarta-feira em um total de US$ 22 mil. No setor de finanças, as opções de compra são contratos que dão a alguém o direito de comprar ativos, como ações ou títulos, a um preço acordado até uma data específica. 

Publicidade

O trade aconteceu poucas horas antes do anúncio da Cisco na quinta-feira, que fez a maior aquisição de tecnologia do ano. A gigante de equipamentos de rede concordou em comprar a empresa de cibersegurança Splunk por cerca de US$ 28 bilhões.

Insider trading?

O trader então vendeu tudo — transformando o investimento de US$ 22 mil em US$ 10 milhões em menos de 24 horas. Analistas das redes sociais especularam que a negociação representou um insider trading. 

O analista da Bloomberg Intelligence, James Seyffart, disse ao Decrypt que “essa pessoa é a pessoa mais estúpida ou mais sortuda do mercado.” 

“Isso é algo que, assumindo que é verdade, parece ser abuso de informação privilegiada e quem o fez será pego”, acrescentou. “Isso não é algo que a FINRA ou a SEC considerem levianamente, e esse tipo de coisa geralmente é tratada com relativa rapidez, especialmente quando é tão flagrante quanto esse caso.”

Publicidade

A Cisco, que se concentrou principalmente em software nos últimos anos, disse que combinará as duas empresas para transformá-la em uma das maiores empresas de software do mundo — tornando-a “bem posicionada para liderar em segurança e observabilidade na era da IA.”

“A Cisco e a Splunk estão bem posicionadas para ajudar os clientes a aproveitar com responsabilidade o poder da IA, dada sua escala substancial, visibilidade dos dados e base de confiança”, disse a Cisco no anúncio.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Governo proíbe uso de  criptomoedas em apostas esportivas

Governo proíbe uso de criptomoedas em apostas esportivas

Secretaria de Prêmios e Apostas vetou o uso de criptomoedas para apostas e pagamentos
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”
Imagem da matéria: Grayscale desiste de lançar um ETF de futuros de Ethereum nos EUA

Grayscale desiste de lançar um ETF de futuros de Ethereum nos EUA

A gestora parece ter recuado da estratégia de levar a SEC aos tribunais para forçar a eventual aprovação de um ETF de Ethereum à vista
Imagem da matéria: Maior plataforma P2P de Monero fecha após 7 anos de operação

Maior plataforma P2P de Monero fecha após 7 anos de operação

A plataforma peer-to-peer focada na moeda de privacidade Monero (XMR) citou “uma combinação de fatores internos e externos” para sua decisão de fechar as portas