Imagem da matéria: Tesla, Blockstream e Block vão minerar Bitcoin com energia 100% solar no Texas
(Foto: Shutterstock)

A Blockstream começou a construção da fábrica 100% solar para a mineração de Bitcoin (BTC) no estado americano do Texas com a Block, Inc. e a Tesla.

A parceria foi anunciada em 2021, quando a Block (anteriormente conhecida como Square) alocou US$ 5 milhões ao projeto. De acordo com a Blockstream, a unidade estará pronta até o fim de 2022.

Publicidade

A atividade de mineração com energia solar vai utilizar as telhas fotovoltaicas da Tesla e o equipamento de baterias da Megapack para que opere totalmente com energias renováveis.

Os painéis solares de 3,8 megawatts (ou MW) da Tesla e as baterias de 12 megawatts/hora (ou MWh) irão gerar 30 petahashes por segundo (ou PH/s) de poder de mineração.

A taxa de hashes (ou “hash rate”) se refere ao poder computacional total e combinado para a mineração e o processamento de transações.

Dado que o bitcoin está precificado em quase US$ 43 mil, a unidade poderá minerar quase 4,11 BTC por mês, de acordo com o site CryptoCompare.

Publicidade

Para fins de contexto, a unidade da Blockstream será muito pequena em comparação à operação de 300 MW construída pela RIOT Blockchain na Whinstone U.S., antiga fábrica de alumínio da Alcoa, em Rockdale, no Texas.

Quando a operação da RIOT for finalizada, o local de mais de 400 mil metros quadrados irá gerar 750 MW de energia.

Mas a Blockstream e suas parceiras não necessariamente desejam criar a maior unidade para a mineração de bitcoin da América do Norte. Querem demonstrar que a mineração pode ser feita com energia renovável.

“Este é um passo para provar nossa tese de que a mineração de bitcoin pode financiar a infraestrutura de energia com emissão zero [de carbono] e gerar um crescimento econômico para o futuro”, disse Adam Back, cofundador e CEO da Blockstream, em participação à conferência Bitcoin 2022, em Miami.

Publicidade

Para atingir esse objetivo, a Blockstream planeja criar um painel público para que pessoas possam ver sua produção de energia e de bitcoins. Uma futura versão vai informar o tempo de atividade, o armazenamento de energia e a energia solar que está sendo gerada pelos painéis da Tesla.

Faz tempo que Elon Musk, CEO da Tesla, alega que gostaria que a mineração de bitcoin dependesse mais de fontes de energia renováveis.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
Anic de Almeida Peixoto Herdy é casada com herdeiro da Unigranrio

Herdeira é sequestrada em Petrópolis e criminosos exigem resgate em Bitcoin

Técnico de informática amigo do casal conversou com sequestradores por entender de criptomoedas e foi preso por suspeita de envolvimento
Imagem da matéria: Questões sociais são desafio para debate do Bitcoin, diz autor de livro da Editora Portal do Bitcoin

Questões sociais são desafio para debate do Bitcoin, diz autor de livro da Editora Portal do Bitcoin

“Parte técnica você descreve como funciona e acabou. Nas vacas sagradas leva um bom tanto de desconstrução de conceitos”, diz Breno Brito
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Estudo mostra que 61% dos investidores brasileiros não pretendem vender Bitcoin

Pesquisa realizada pela Bitget releva otimismo pós-halving do Bitcoin