Urandir Fernandes de Oliveira
Urandir Fernandes de Oliveira ficou conhecido por promover o ET Bilu (Foto: Divulgação)

*Matéria foi atualizada com resposta da BDM Digital

O ufólogo e terraplanista Urandir Fernandes de Oliveira, que ficou conhecido no Brasil pela invenção do ET Bilu, decidiu se aventurar no mundo das criptomoedas. Em agosto de 2020, conforme dados da Receita Federal, ele lançou a BDM Digital, um suposto ativo digital emitido por uma empresa de mesmo nome.

Publicidade

Urandir, que também é o criador da Zigurats, uma comunidade do município de Conguinhos, no Mato Grosso do Sul, que estuda alienígenas e acredita que a terra é plana, publicou um conteúdo patrocinado publicado no site G1 do estado no dia 30 de dezembro. O texto diz que a BDM digital teve valorização de 94% nos últimos oito meses, o que dá uma média de 11% de valorização mensal. A suposta alta, segundo a empresa, teria ocorrido em todo o mundo.

Por que a moeda é suspeita

A BDM digital é fruto do BDM físico, um tipo de moeda social física usada por membros da Zigurats desde 1998. Conforme publicação no site da empresa, o objetivo ao digitalizar o papel físico é levar o suposto ativo para fora da região.

Ainda segundo o site, a suposta criptomoeda teria uma blockchain própria 100% nacional, elaborada por técnicos da comunidade.

No conteúdo patrocinado publicado no G1, Oliveira falou que, ao criar o suposto ativo, não queria nada parecido com uma pirâmide financeira, na qual, segundo ele, a pessoa não tem a quem recorrer em caso de problema

“Então fizemos o caminho inverso, com uma moeda digital criptografada que, ao invés de se basear na especulação financeira, temos fazendas, casas, apartamentos, três jazidas, reserva em dinheiro e o principal: um escritório, com sede, CNPJ e pessoas e pagamos impostos sobre as moedas vendidas”, disse.

A criptomoeda do terraplanista não é negociada em nenhuma exchange brasileira ou internacional. Na prática, isso significa que seria possível comprá-la mas haveria uma grande dificuldade de vendê-la. Além disso, facilitaria a manipulação do preço visto que todos os tokens estão concentrado nas mãos do emissor e não há livre oferta e demanda.

Publicidade

A criptomoeda pode ser adquirida e usada apenas por meio aplicativo chamado BDM Digital, criado também por Oliveira e membros da comunidade. Empresas parceiras da região suspostamente também aceitam o ativo digital.

Vale ressaltar que a BDM Digital (empresa) também não tem registro ou dispensa na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que regula o mercado de capitais.

A compra, a venda e a intermediação de criptomoedas está fora do arcabouço legislatório da autarquia. Entretanto, o regulador pode considerar uma criptomoeda como um valor mobiliário que só pode ser intermediado por instituições autorizadas. Nesse caso, a CVM exige que a empresa tenha autorização ou dispensa.

Procurada, a BDM não respondeu ao Portal do Bitcoin até a publicação desta reportagem.

Contraponto

Em resposta à matéria intitulada “Terraplanista criador do ET Bilu lança criptomoeda suspeita”, publicada no dia 9 de janeiro de 2021, por este portal, a BDM Digital contesta e solicita a retificação das seguintes informações:

Publicidade

1- Ao contrário do que foi publicado, não existe nenhuma dificuldade em vender a BDM Digital, haja vista que a criptomoeda garante a recompra por meio de saque no aplicativo, e os recursos são depositados em reais na conta que a pessoa indicar.

2- Por ser descentralizada e não utilizar token, a BDM Digital não se caracteriza como ativo mobiliário. Em razão disso, não é regulada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

3- Não existe risco de manipulação na cotação da moeda como insinuado na reportagem. O sucesso da BDM Digital, que já valorizou 97% em relação ao real em 10 meses (Fonte https://coinlib.io/ – gráfico anexado), se deve à elevada procura e circulação, pois ela foi criada como moeda digital de circulação e não para fins de especulação.

Atualmente, 271 estabelecimentos comerciais de 15 Unidades da Federação estão credenciados para receber a criptomoeda que, até o momento, foi lançada oficialmente somente em Campo Grande (MS).

Ademais, a BDM Digital é a única criptomoeda brasileira a ter endereço físico (localizado em Campo Grande (MS)) e lastro patrimonial, trazendo segurança aos compradores.

Publicidade

4- A BDM Digital é uma exclusividade da Blockchain Bônus Dourado Mercantil, uma plataforma própria, 100% brasileira, desenvolvida pela equipe do Centro Tecnológico Zigurats (CTZ), que faz parte da Associação Dakila Pesquisas. Com a tecnologia mais avançada que existe, a plataforma oferece serviços como transferências, depósitos e saques, com toda a comodidade, sendo simples e compreensível, mostrando o seu diferencial, se comparado a outras plataformas.

5- Zigurats está localizada no município de Corguinho (MS), não em Conguinho como citado na matéria. Urandir Fernandes de Oliveira não é criador do ET Bilu e não defende a Terra Plana, mas a Terra Convexa.

Este modelo foi divulgado mundialmente em vários idiomas por meio do documentário Terra Convexa (terraconvexa.com.br), revelando sete experimentos científicos realizados por pesquisadores da Associação Dakila Pesquisas, em parceria com profissionais de diversas áreas do Brasil e de outros países, como Estados Unidos, Rússia, Chile, Holanda, Espanha, entre outros.

VOCÊ PODE GOSTAR
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
ilustração mostra logo da pepecoin PEPE subindo ao céu

PEPE e BONK valorizam mais de 30% nas últimas 24 horas

Memecoin PEPE bateu sua máxima histórica nesta terça-feira (21), em momento de forte aquecimento do mercado cripto
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide
Imagem da matéria: 5 coisas para saber sobre o lançamento do token do Notcoin

5 coisas para saber sobre o lançamento do token do Notcoin

Quando o token NOT será lançado? Qual o futuro para a Notcoin? É melhor fazer stake dos tokens? Preparamos um resumo para você