Faixa borrada com sigla NFT sob nota de dólar
Foto: Shutterstock

Para a esmagadora maioria dos NFTs, o brutal mercado em baixa dos últimos dois anos não foi apenas uma fase: cerca de 95% das coleções de NFT nunca retornarão às avaliações pré-mercado em baixa, informou recentemente o chefe de pesquisa da DappRadar, Pedro Herrera, à Decrypt.

Para muitos proprietários de NFTs, a questão do que fazer com milhões de JPEGs agora “sem valor” está se tornando urgente. Uma solução possível: enfrentar essas perdas de frente e usá-las para economizar em impostos.

Publicidade

A Unsellable, uma startup fundada no ano passado que compra NFTs ilíquidos de detentores desanimados por um centavo cada, a fim de permitir que esses proprietários deduzam impostos, afirma que já ajudou os clientes a declararem perdas realizadas no valor combinado de US$ 4.2 milhões.

Skyler Hallgren, co-fundador da Unsellable, acredita que essa quantia é apenas a ponta do iceberg para um setor que diminuiu em mais de 90% em volume de negociação e atividade desde há pouco mais de dois anos.

“Há uma quantidade maciça – potencialmente um bilhão de dólares – em perdas bloqueadas, não realizadas, descendentes da bolha NFT de 2021”, disse Hallgren à Decrypt. “Podemos realmente fazer algo a respeito.”

A Unsellable alega que seu usuário médio conseguiu deduzir US$ 4.200 em perdas de NFTs que perderam valor substancial. No ano passado, um usuário da plataforma – o engenheiro de plataforma Thomas Mancini do aplicativo de portfólio de NFT Floor – disse que deduziu quase US$ 58.000 em perdas de NFT com a ajuda da Unsellable.

Publicidade

Algumas coleções “blue chip” de NFTs, como Bored Ape Yacht Club, CryptoPunks e Pudgy Penguins, mantiveram seu valor durante o atual inverno cripto; a Unsellable não mexe com esses ativos.

Em vez disso, ela cria uma espécie de cemitério para NFTs quebrados: projetos rug pull, coleções abandonadas e imitadores que seguem a onda (pense: Jacked Ape Club, Wealthy Ape Social Club, IRL Punks, BoobBirds – além de super excêntricos como My Banana Fucko.)

A empresa já coletou cerca de 26.000 NFTs até agora.

“Algumas são estranhas, algumas são grotescas, algumas são engraçadas; uma porcentagem muito pequena é esteticamente interessante”, disse Hallgren. “A maioria são projetos derivados.”

A empresa diz que, como não tem relacionamento pessoal com os detentores de NFTs que compra, e esses detentores não têm a expectativa de poder recomprar seus NFTs no futuro, o esquema é perfeitamente legal, semelhante a programas de recompra de ações sem valor.

Publicidade

A maior coleção de NFTs do mundo como meta

A Unsellable cobra uma taxa modesta de cerca de US$ 2 em ETH por cada transferência de NFT. A empresa conseguiu vender cerca de 300 dos NFTs que adquiriu, na maioria das vezes por modestos pagamentos na faixa de US$ 30 a US$ 200. Mas, segundo os fundadores da Unsellable, a revenda esporádica de NFTs não é o objetivo.

“Nosso objetivo é, ao longo do tempo, criar a maior coleção de NFTs do mundo”, disse Hallgren.

O empreendedor tem interesse em vender a plataforma um dia para uma empresa de impostos cripto ou uma empresa de software de impostos cripto; algumas, segundo ele, já entraram em contato sobre uma possível aquisição.

Quanto aos milhares de NFTs que a Unsellable já possui, ele diz que algumas partes manifestaram interesse em adquirir a coleção. Alguns ainda alimentam a esperança de que um dos milhares de JPEGs mortos ou moribundos um dia ressuscite e valorize enormemente.

Outros, segundo Hallgren, querem possuir a coleção como uma espécie de peça de museu – algo que capture a incrível escala de excesso especulativo gerado no auge do mercado de NFTs.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Pessoa olha para scanner da Worldcoin

Worldcoin (WLD) sobe 40% após estender bloqueio de tokens por mais 2 anos

Parte dos tokens foi bloqueada para permitir que o protocolo amadurecesse, explicou a empresa
Celular mostra logotipo da memecoin BONK

Memecoins da Solana Bonk e Billy disparam em meio à queda do mercado

Movimentos significativos foram feitos no mercado, transformando a BONK na maior memecoin de Solana e o Gigachad o maior vencedor semanal
Logotipo da BlockFi na tela de computador

BlockFi vai distribuir criptomoedas para 100 mil credores este mês

Clientes elegíveis receberão uma notificação no e-mail da conta BlockFi registrada
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Trump cobrará R$ 5 milhões de quem quiser dividir mesa com ele em evento de Bitcoin

Uma foto com Trump também custará caro aos participantes, indo de R$ 330 mil a R$ 550 mil