Imagem da matéria: Taxas de transação do bitcoin alcançam o preço mais alto da história
(Foto: Shutterstock)

A taxa média de transação do bitcoin bateu US$ 58 nesta segunda-feira (20), o valor mais alto da história da criptomoeda, segundo os dados do BitInfoCharts. Em real, a taxa representa cerca de R$ 320.

A última vez que o custo para transacionar bitcoin esteve tão caro foi no final de 2017, quando as taxas chegaram a US$ 55 – naquela época, o bitcoin ultrapassava US$ 20 mil pela primeira vez. 

Publicidade

Vale destacar que o recorde de hoje diz respeito às taxas em dinheiro fiduciário. As médias das transações na relação satoshis por byte, ainda estão bem abaixo das máximas de quatro anos atrás.

De acordo com os dados do site bitcoinfees.info, no final de 2017 a média das transações de bitcoin chegaram a custar 969 sat/byte, uma métrica que hoje está em torno de 203 sat/byte.

As taxas decolam quando a rede do bitcoin está congestionada, como agora. Uma vez que cada bloco na blockchain tem um espaço limitado, os mineradores priorizam as transações que pagam taxas mais altas por byte, como forma de aumentar os ganhos.

A alta das taxas acontece em um momento em que o preço do bitcoin encara o pior desempenho do mês de abril. Nesta madrugada, a moeda bateu a mínima de US$ 33.500 e agora se mantém em US$ 56 mil, em queda de 0,5%. 

Publicidade

Hashrate do bitcoin 

Um dos fatores que está por trás das maiores taxas da história é a queda do hashrate da rede do bitcoin, que indica quanto poder computacional está sendo emprestado para o ecossistema.

No domingo (18), alguns mineradores da China – responsáveis por mais da metade da mineração de BTC – ficaram offline após quedas de energia na província de Xinjiang, o que fez o hashrate do bitcoin desabar. Naquele dia, o poder da rede caiu de 145 exahash para 105 exahash.

Desde então, o hashrate teve uma leve recuperação, mas ainda está em queda de 6% nesta terça, a 120 exahash segundo o BitInfoCharts.

Com menos mineradores trabalhando, a rede sofre um grande congestionamento. Os dados mais recentes do blockchain.com mostram que nesta segunda, havia cerca de 170 mil transferências na rede do bitcoin esperando confirmação. Três dias antes, na sexta-feira, as transações não confirmadas não passavam de 50 mil.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitcoin atinge um bilhão de transações processadas desde o lançamento

Bitcoin atinge um bilhão de transações processadas desde o lançamento

Bitcoin demorou mais de 15 anos para atingir a marca de um bilhão de transações
Imagem da matéria: Minerador sortudo de Bitcoin resolve bloco sozinho e fatura R$ 1 milhão

Minerador sortudo de Bitcoin resolve bloco sozinho e fatura R$ 1 milhão

Minerador solo completou o bloco 843.231 do Bitcoin usando software da CKpool
tornado cash 1

Desenvolvedor do Tornado Cash é condenado a 5 anos de prisão por lavagem de dinheiro

“O Tornado Cash, em sua natureza e funcionamento, é uma ferramenta destinada a criminosos”, disse um dos juízes ao condenar Alexey Pertsev
criptomoedas caindo no fogo

Volume de negociação em corretoras de criptomoedas cai pela 1ª vez em 7 meses

Análise aponta que guerra no Oriente Médio e freio no fluxo dos ETF cripto dos Estados Unidos foram os motores para a queda