Imagem da matéria: STJ nega novo pedido de liberdade ao falso Rei do Bitcoin
Cláudio José de Oliveira, fundador do Bitcoin Banco (Foto: Reprodução)

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu manter a prisão de Cláudio Oliveira, conhecido como Rei do Bitcoin, após negar um novo recurso da defesa na segunda-feira (08). De acordo com a decisão monocrática do ministro Reynaldo Soares da Fonseca, faltaram registros de documentos no sistema judiciário, bem como premissas que justificassem o pedido de habeas corpus.

“Observa-se, de plano, que o feito mostra-se deficitário de peças essenciais para a completa compreensão da controvérsia”, diz um trecho da decisão do STJ.

Publicidade

O criador do grupo Bitcoin Banco está preso preventivamente desde o início de julho. Como ressaltou o ministro, pesa sobre Claudio Oliveira acusações de estelionato, por crimes falimentares, por crimes contra o sistema financeiro nacional e por crimes contra a economia popular, além de outros crimes, como prestar informações falsas à Justiça.

O habeas corpus em questão decorre da decisão do Tribunal Federal Regional da 4ª Região que negou no mês passado o pedido de soltura de Claudio Oliveira. Na ocasião, o desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz ressaltou que a prisão está bem fundamentada.

A defesa de Oliveira alega que a prisão preventiva é medida desproporcional por ser o réu primário, com residência fixa, e cujas denúncias não envolvem violência ou grave ameaça. A Justiça, porém,  acredita que, em liberdade, o réu pode dificultar as investigações.

Estima-se que Oliveira causou um prejuízo de R$ 1,5 bilhão a 7 mil usuários das exchanges de bitcoin ligadas ao Grupo Bitcoin Banco, onde eram feitas arbitragens com a criptomoeda, fornecendo falsa liquidez, até travarem os saques em 2019.

VOCÊ PODE GOSTAR
Criador do Twitter e da Square, Jack Dorsey em palestra no TED

Preço do Bitcoin atingirá US$ 1 milhão até 2030, diz Jack Dorsey

Em uma entrevista recente, o cofundador do Twitter e da Block argumentou que o Bitcoin poderia atingir US$ 1 milhão e ir “além” no futuro
Imagem da matéria: Investidores aproveitam queda do Bitcoin para acumular ainda mais moedas

Investidores aproveitam queda do Bitcoin para acumular ainda mais moedas

As baleias de Bitcoin compraram avidamente a última queda; investidores de longo prazo agora aguardam a próxima alta para realizar lucros
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas
simbolo do dolar formado em numeros

Faculdade de Direito da USP recebe evento da CVM sobre democratização dos mercados de capitais

Centro de Regulação e Inovação Aplicada (CRIA) da CVM vai a “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil” com transmissão ao vivo no Youtube