Imagem da matéria: Solana vende mais smartphones Saga do que possui e é forçada a cancelar pedidos
Imagem: Reprodução/Twitter

Foi uma semana louca para Saga, o smartphone da Solana.

Ele ganhou um prêmio de um youtuber proeminente… de pior celular do ano. No entanto, o aparelho começou a sumir das prateleiras à medida que os investidores descobriram que sua aquisição vinha acompanhada do direito de reivindicar tokens mais valiosos do que o preço de etiqueta do telefone. Agora, de acordo com a Solana Labs, algumas unidades do smartphone que foram vendidas na semana passada nunca existiram.

Publicidade

Devido a um “problema de gerenciamento de estoque”, a Solana Labs acidentalmente vendeu mais aparelhos do que possuía de fato, o que resultou num número (não revelado) de pedidos pendentes. A empresa alegou que o erro foi culpa de um distribuidor terceirizado, cujo nome não foi identificado.

Todos os clientes afetados já foram informados do problema e serão reembolsados nos próximos dias, disse a empresa.

O celular da Solana

Depois de meses de vendas medianas, os smartphones Saga começaram a sair das prateleiras na semana passada, quando consumidores intrépidos perceberam que o smartphone vinha com acesso a um airdrop de 30 milhões de BONK, uma memecoin construída na Solana.

Embora essa quantia de BONK equivalesse a cerca de US$ 11 há apenas alguns meses, na semana passada, graças ao surpreendente aumento do BONK, valia US$ 865: muito mais do que o preço de US$ 599 do Saga. Ao todo, os proprietários de Saga que reivindicaram cada airdrop ou vantagem gratuita afiliada ao telefone ganharam tokens que agora equivalem a cerca de US$ 3 mil.

Todas as 20 mil unidades do telefone esgotaram em poucos dias, numa espécie de “vitória de Pirro” para a Solana Labs: o telefone foi um sucesso, mas em grande parte devido aos incentivos vinculados a ele. Dias depois, o telefone recebeu o prêmio de smartphone “Bust of the Year” de 2023 do YouTuber Marques “MKBHD” Brownlee.

“Nenhuma quantidade de BONK ou [Claynosaurz] poderia salvar este celular”, escreveu Brownlee a seus milhões de seguidores no Twitter.

A Solana Labs tentou transformar o possível constrangimento em um momento viral irônico, abraçando a designação e referindo-se a si mesma em materiais de marketing subsequentes como um celular “premiado”.

Publicidade

A empresa chegou ao ponto de pedir a Brownlee que enviasse o troféu “Bust of the Year” para seu escritório, e o projeto Solana 3.land criou uma coleção NFT “Saga: Bust of the Year” inspirada no prêmio. Quase US$ 3 milhões em NFTs Solana foram negociados após uma cunhagem gratuita na quarta-feira.

Alguns compradores insatisfeitos do Saga que ainda não haviam recebido seus telefones, no entanto, não riram esta semana. Outros aproveitaram para brincar com a situação.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Arte mostra imagem do espaço mirando a Terra envolta a uma rede de sinais holográficos

Núclea lança rede para tokenização de ativos financeiros

Testes da primeira duplicata tokenizada devem finalizar em julho e o serviço começa a ser ofertado de forma ampla ao mercado em setembro
Imagem da matéria: WazirX, uma das maiores exchanges da Índia, perde R$ 1,2 bilhão em ataque hacker

WazirX, uma das maiores exchanges da Índia, perde R$ 1,2 bilhão em ataque hacker

A exchange cripto indiana WazirX suspendeu os saques de criptomoedas depois da invasão
Imagem da matéria: Fundos de Bitcoin registram 5ª maior captação semanal da história

Fundos de Bitcoin registram 5ª maior captação semanal da história

Mais de US$ 1,4 bilhão foram investidos em fundos de criptomoedas nos últimos sete dias, o triplo da semana anterior
Imagem da matéria: Donald Trump quer lançar sua 4ª coleção de NFTs

Donald Trump quer lançar sua 4ª coleção de NFTs

Embora a figura do ex-presidente esteja mais em evidência do que nunca, o desempenho dos NFTs de Trump tem sido historicamente inconsistente