Imagem da matéria: Solana (SOL) bate novo recorde de preço enquanto criptomoedas estabilizam
Foto: Shutterstock

Solana, a décima terceira maior criptomoeda em valor de mercado, subiu 14% nas últimas 24 horas e 55% na semana passada, de acordo com dados do CoinMarketCap.

Na verdade, a moeda atingiu a máxima de US$ 43, com valor de mercado de US$ 11,2 bilhões.

Publicidade

O aumento segue vários pequenos anúncios que tornaram mais fácil negociar Solana, a moeda que impulsiona uma blockchain de alta velocidade e baixo custo de mesmo nome. Na quarta-feira, a bolsa de derivativos dYdX listou contratos de derivativos perpétuos Solana-USD sem taxas com até 10x de alavancagem (ou seja, muito).

A moeda, lançada em março passado após três anos de desenvolvimento da Fundação Solana, com sede na Suíça, disparou como um foguete durante a alta deste ano. No início do ano, a moeda valia US$ 1,6. No preço atual de US$ 41, é um aumento de 26x.

Na sexta-feira, o volume de negócios atingiu perto de US$ 2 bilhões em 24h, de acordo com o CoinMarketCap.

Alcançando o SOL

O sucesso da Solana vai contra a estagnação do resto do mercado, que sofreu uma queda terrível no final desta semana.

Desde de quinta-feira, o mercado piorou; O Bitcoin caiu cerca de 10%, de cerca de US$ 54.000 para uma mínima de US$ 48.000. O Bitcoin voltou ligeiramente ao seu preço atual, US$ 49.532.

O crash seguiu as propostas de Joe Biden de dobrar os impostos sobre ganhos de capital para os americanos mais ricos. Crypto HODLers, uma pequena proporção dos quais compõe a elite econômica dos Estados Unidos, teria que pagar até 40% caso saíssem do mercado.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ripple anuncia programa contínuo de bolsas em dinheiro para programadores do Brasil

Ripple anuncia programa contínuo de bolsas em dinheiro para programadores do Brasil

Meta é que comunidade de programadores crie soluções na XRP Ledger, blockchain usada pela empresa e que tem o token nativo XRP
Imagem da matéria: Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

“Os números do CPI dos EUA desencadearam uma ruptura na faixa de ativos de risco”, disse a empresa de Cingapura QCP Capital sobre a alta do Bitcoin
Imagem da matéria: 8 ETFs de Ethereum à vista são aprovados pela SEC nos EUA

8 ETFs de Ethereum à vista são aprovados pela SEC nos EUA

Expectativa agora é que Ethereum possa renovar sua máxima histórica de novembro de 2021 e passar com folga a marca dos US$ 5 mil
Imagem da matéria: Descentralização é o futuro, mas vem com custos mais altos, afirma especialista

Descentralização é o futuro, mas vem com custos mais altos, afirma especialista

O executivo Leo Kahn destacou no Ethereum Rio 2024 que apesar dos custos, indústria cripto deve incentivar ao máximo a descentralização