Imagem da matéria: Segundo maior banco dos EUA investe em empresa de serviços com criptomoedas
Foto: Shutterstock

A Paxos, uma empresa de blockchain sediada em Nova York, anunciou na quinta-feira (29) que quatro investidores se juntaram à sua recente rodada de financiamento da Série D, de US$ 300 milhões.

O mais notável deles é o Bank of America. O segundo maior banco dos EUA não é um jogador importante no segmento de blockchain, mas sinalizou seu crescente interesse na tecnologia quando testou a Paxos para fechar algumas negociações com ações em maio.

Publicidade

Outro dos que a Paxos está chamando de “investidores estratégicos” em sua rodada da Série D é a Coinbase Ventures. O braço de capital de risco da Coinbase tornou-se onipresente no mundo dos investimentos em criptomoedas.

Os outros dois investidores que se juntaram à rodada da Série D são a FTX e a Founders Found.

FTX é a bolsa de derivados de criptomoedas administrada por Sam Bankman-Fried, um bilionário de 29 anos que quase da noite para o dia se tornou uma das figuras mais influentes do mercado. Sua corretora agora está constantemente nas notícias, desde acordos caros de marketing esportivo até a compra de um de seus primeiros investidores e promessas de neutralidade de carbono.

A Founders Fund é a empresa de capital de risco de Peter Thiel, o investidor iconoclasta que investiu na SpaceX e na Palantir, financiou o processo que derrubou o site Gawker em 2016 e agora está apoiando uma corretora cripto chamada Bullish.

Os investimentos duplos da FTX e do Founders Fund mostram como o dinheiro pode transcender a política na criptomoedas: Thiel é um conservador ferrenho que falou na posse do ex-presidente Trump, enquanto Bankman-Fried foi um dos maiores doadores do presidente Biden.

Publicidade

Quanto à própria Paxos, a empresa não é tão famosa como muitas outras no setor, uma vez que não é voltada para o varejo — ela se concentra principalmente na infraestrutura de back-end.

O CEO da Paxos, Charles Cascarilla, costuma dizer que quer usar o blockchain para refazer o encanamento financeiro de Wall Street — um processo que ele diz que vai reduzir atrasos e liberar capital, e também evitar o tipo de colapso que se abateu sobre Robinhood e outros quando as câmaras de compensação não podiam mantenha-se atualizado com volumes comerciais recordes.

A adição desses quatro investidores de alto perfil também levanta a questão de se a Paxos poderia se tornar um alvo de aquisição.

Atualmente, a Paxos fornece serviços de criptomoedas para o PayPal e diz que planeja fazer o mesmo para três a cinco outras empresas da mesma escala, ao mesmo tempo que expande suas ofertas de blockchain para mais bancos, incluindo o Credit Suisse.

Publicidade

Essas relações, junto com o negócio stablecoin da Paxos e seu foco em conformidade, tornariam isso uma escolha atraente para o PayPal, FTX ou Coinbase, embora Cascarilla tenha dito no passado que deseja tornar a Paxos pública como uma entidade autônoma.

A Paxos levantou mais de $ 500 milhões em financiamento total, e sua rodada da Série D viu a empresa avaliada em US$ 2,4 bilhões — um preço alto mesmo para empresas como Coinbase ou FTX. Oak HC / FT liderou a rodada da Série D, com a participação de investidores anteriores, Declaration Partners, PayPal Ventures, Mithril Capital, Senator Investment Group, Liberty City Ventures, WestCap e mais.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co

Talvez você queira ler
Imagem da matéria: Mixer de Bitcoin sancionado nos EUA relança com novo nome — só para ser bloqueado outra vez

Mixer de Bitcoin sancionado nos EUA relança com novo nome — só para ser bloqueado outra vez

O Tesouro dos EUA proibiu o uso do mixer Sinbad, sucessor do Blender, afirmando que serviço era usado por hackers norte-coreanos
Imagem da matéria: Liqi anuncia fim de corretora de criptomoedas, mas segue com produtos para empresas

Liqi anuncia fim de corretora de criptomoedas, mas segue com produtos para empresas

Os clientes terão até o dia 11 de janeiro para realizar saques; após esse prazo, a Liqi procederá com a liquidação dos ativos
Sam Bankman-Fried da FTX fando em vídeo

Extorsão, fuga da realidade e falta de banho: ex-presidiário conta como foi conviver com Sam Bankman-Fried na prisão

Ex-membro da máfia e informante do governo afirma que o criador da FTX estava em profunda negação sobre seus problemas jurídicos
Imagem da matéria: Patex estreia oficialmente no Brasil com corretora, wallet e explorador de blockchain

Patex estreia oficialmente no Brasil com corretora, wallet e explorador de blockchain

Clientes brasileiros terão acesso ao conjunto de produtos: Patex Network, Patex Explorer, Patex Wallet e Patex Exchange