tornado cash 1
Foto: Shutterstock

Um tribunal federal confirmou a autoridade do Departamento do Tesouro para impor sanções ao serviço de mixer de criptomoedas Tornado Cash, rejeitando um recurso legal apresentado por usuários do serviço.

O Juiz Distrital dos EUA, Robert Pitman, concordou com o governo em todas as suas alegações e concedeu um julgamento sumário no caso, afirmando que o Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC) do Tesouro tem o direito de colocar o Tornado Cash sob estatutos de sanções.

Publicidade

O pedido de julgamento sumário feito pelos autores – seis usuários do Tornado Cash – foi simultaneamente negado.

Os usuários do Tornado Cash haviam afirmado que a ação do governo era ilegal, pois violava a Primeira Emenda, argumentando que lhes foi negada a capacidade de se envolver em “discurso socialmente valioso” porque teriam usado o Tornado Cash “para fazer doações a causas políticas e sociais importantes”.

Pitman discordou, escrevendo que os autores “não demonstraram que a ação do governo de qualquer forma envolve a Primeira Emenda.”

Os seis usuários são identificados na decisão como Joseph Van Loon, Tyler Almeida, Alexander Fisher, Preston Van Loon, Kevin Vitale e Nate Welch.

A decisão decorre de um processo movido pelos seis usuários após o Departamento do Tesouro ter adicionado o serviço de mistura de criptomoedas à sua lista de Nacionais Especialmente Designados e Pessoas Bloqueadas em agosto do ano passado. O Tornado Cash é acusado de lavagem de mais de US$ 7 bilhões (R$ 34 bilhões) em moeda virtual, incluindo supostamente facilitar transações para hackers norte-coreanos.

Publicidade

O Juiz Pitman considerou que o Tornado Cash opera como uma “associação” que pode ser devidamente sancionada como uma entidade sob a Lei Internacional de Poderes Econômicos de Emergência.

O tribunal também determinou que os contratos inteligentes implantados pelo Tornado Cash constituem “propriedade” sujeita a sanções nos amplos regulamentos do OFAC.

De forma intrigante, o juiz observou que os autores poderiam ter argumentado que a sua incapacidade de acessar o Ethereum preso em um pool de contrato inteligente do Tornado Cash violava a Quinta Emenda, que garante proteção contra a tomada de propriedade pelo governo sem compensação.

“No entanto, os autores não buscaram o argumento da Quinta Emenda, mesmo depois que o governo levantou a questão da renúncia em sua contrapedida”, escreveu o juiz. “Por não terem buscado o argumento da Quinta Emenda, eles o renunciaram.”

Publicidade

Paul Grewal, diretor jurídico da exchange de criptomoedas Coinbase, que apoia o processo, afirmou em um comunicado que “continuamos a acreditar que o desafio dos autores à ação do OFAC contra o Tornado Cash está correto” e que as questões exigem uma revisão do Tribunal de Apelações do Quinto Circuito.

O Departamento do Tesouro afirmou que o Tornado Cash estava sendo usado para lavar moedas virtuais de cibercriminosos, incluindo para apoiar o regime da Coreia do Norte.

“Notou-se que as atividades maliciosas habilitadas por ciberataques da República Popular Democrática da Coreia ameaçam os Estados Unidos e a comunidade internacional em geral, representando uma ameaça significativa ao sistema financeiro internacional”, observou a decisão. “Também foi observado que a República Popular Democrática da Coreia tem recorrido cada vez mais ao cibercrime para gerar receita para seus programas de armas de destruição em massa e mísseis balísticos.”

Nota do editor: Esta história foi elaborada com a AI da Decrypt a partir das fontes citadas no texto e verificada por um jornalista da equipe.

*Traduzida com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin com bandeira dos EUA

Executivo da Bitwise afirma que mercado cripto está “subestimando” mudanças na política dos EUA

Clareza regulatória poderia trazer uma multidão de consultores financeiros no valor de US$ 20 trilhões para o setor cripto
Smartphone sobre dólares mostra logo Axie Infinity

Polícia da Noruega recupera e devolve R$ 30 milhões do hack da Axie Infinity

A polícia norueguesa para crimes financeiros recuperou e congelou os fundos do hack de 2022 que envolveu a sidechain Ronin
Imagem da matéria: Redes de segunda camada Ethereum estão arrecadando milhões – com a Base na liderança

Redes de segunda camada Ethereum estão arrecadando milhões – com a Base na liderança

A Base, da Coinbase, acumulou mais de US$ 6 milhões em lucros on-chain em maio no ecossistema de segunda camada Ethereum, com a Blast bem atrás em segundo
Policial algemando suspeito durante a noite

Médico perde R$ 500 mil em criptomoedas após encontro por aplicativo e sequestro; suspeitos são presos

Os sequestradores que aplicaram o famoso ‘golpe do amor’ foram presos rapidamente pela PM de SP; Polícia Civil investiga o paradeiro dos ativos