Imagem da matéria: Sam Altman volta a ser o CEO da OpenAI
Sam Altman, CEO da OpenAi (Foto: Shutterstock)

Sam Altman voltará a ser CEO da empresa de inteligência artificial OpenAI, dias depois de ter sido destituído em um golpe da diretoria.

A desenvolvedora do ChatGPT anunciou que havia chegado a um “acordo em princípio” para que Altman retornasse à empresa, acrescentando que estava “colaborando para descobrir os detalhes”.

Publicidade

Em uma declaração no Twitter após sua reintegração, Altman disse: “Eu amo a OpenAI, e tudo o que fiz nos últimos dias foi para manter essa equipe e sua missão unidas”. Ele acrescentou que “está ansioso para voltar à OpenAI”.

Juntamente com o retorno de Altman, a OpenAI nomeará uma nova diretoria, composta pelo presidente Bret Taylor, Larry Summers e Adam D’Angelo. Greg Brockman, cofundador da OpenAI e colega de Altman, que se demitiu após a saída de Altman, também retornará à empresa, anunciou ele, acrescentando que estava “voltando a programar hoje à noite”.

Uma semana dramática para a OpenAI

A notícia encerra uma semana dramática para a OpenAI, que viu Altman deixar a empresa sob uma nuvem, com o conselho de administração da empresa divulgando uma declaração de que ele “não foi consistentemente sincero em suas comunicações com o conselho, dificultando sua capacidade de exercer suas responsabilidades”. O conselho acrescentou que “não tem mais confiança em sua capacidade de continuar liderando a OpenAI”.

Brockman deixou a empresa em solidariedade ao seu cofundador, e a Microsoft, maior investidora da OpenAI, contratou a dupla para liderar uma “equipe interna de pesquisa avançada em AI”.

Publicidade

Com a OpenAI enfrentando uma revolta da equipe, que viu mais de 90% de seus funcionários ameaçando seguir Altman em seu novo empreendimento, e os investidores explorando ações legais, a empresa se envolveu em “intensas discussões” para reintegrá-lo como CEO.

A primeira ordem do dia para a empresa provavelmente será a reorganização de sua estrutura de governança incomum, que deu poder ao conselho para resistir à pressão dos investidores. Originalmente destinada a evitar que as considerações de lucro prevalecessem sobre a segurança no desenvolvimento da inteligência artificial, a estrutura foi submetida a um exame minucioso, com o CEO da Microsoft, Satya Nadella, observando que “neste momento, acho que está muito claro que algo precisa mudar em relação à governança”.

Após a notícia da reintegração de Altman ao cargo de CEO, Nadella tuitou: “Estamos animados com as mudanças no conselho da OpenAI”, acrescentando que “acreditamos que esse é o primeiro passo essencial em um caminho para uma governança mais estável, bem informada e eficaz”.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

You May Also Like
Imagem da matéria: Bitcoin se mantém em US$ 50 mil, colocando praticamente todos os investidores no lucro

Bitcoin se mantém em US$ 50 mil, colocando praticamente todos os investidores no lucro

A capitalização de mercado do Bitcoin é aproximadamente três vezes maior que a do Ethereum – uma diferença só foi restabelecida recentemente, em outubro de 2023
Imagem da matéria: Fundador do 'Axie Infinity' sofre hack de US$ 9,5 mi em Ethereum

Fundador do ‘Axie Infinity’ sofre hack de US$ 9,5 mi em Ethereum

Ao todo, cerca de 3.250 ETH (US$ 9,5 milhões) foram roubados das carteiras da rede Ronin e enviados para três carteiras Ethereum separadas
Imagem da matéria: Binance deslista Monero e clientes reclamam de dificuldade para saques

Binance deslista Monero e clientes reclamam de dificuldade para saques

Usuários relataram problemas ao retirar suas quantias de Monero da Binance, apesar do prazo para isso ainda não ter expirado
Imagem da matéria: Honduras proíbe cripto em bancos, contrariando tendências regionais do Bitcoin

Honduras proíbe cripto em bancos, contrariando tendências regionais do Bitcoin

A América Latina é mais favorável às criptomoedas do que a maioria das regiões, mas Honduras as excluiu — e derivativos como ETFs também