Imagem da matéria: Rússia Está Sob Ataque de Malware que Minera Bitcoin

Um dos assessores do presidente russo, Vladimir Putin, afirmou que até 30% dos computadores do país foram infectados com o tipo de malware “mais forte e mais perigoso”.

Governo alerta sobre Malware

O conselheiro de Putin para assuntos relacionados à Internet, Herman Klimenko, fez o deslumbrante anúncio na segunda-feira para duas das maiores estações de notícias de Moscou RNS e RBC. Ele declarou que o vírus tinha entrado em pouco menos de 30% dos dispositivos na Rússia e estava usando sorrateiramente o poder de processamento do hardware para minerar Bitcoin.

Publicidade

Klimenko também observou que o vírus, que muitas vezes se disfarçava como uma extensão fornecida para o usuário, também causou outros danos, incluindo roubar informações de cartão de crédito e cartão de débito dos usuários. Ele acredita que esta nova onda de vírus que desviam o poder de processamento para a mineração de criptomoedas é agora o malware mais lucrativo para hackers.

Este tipo de malware também foi detectado em vários países em várias indústrias. Um especialista em segurança de TI da Kaspersky Lab disse que cerca de 6% de seus usuários russos foram atacados por este malware de mineração até agora em 2017.

Especialistas dizem que o governo está exagerando

Muitos especialistas em TI contrariaram o aviso do governo e explicaram por que eles acreditam que os números não podem ser verdadeiros. O Ombudsman da Internet Dmitry Marinichev descreveu isso como “bobagem” e disse à RBC:

Você quer dizer que existe um software que não é registrado pelo sistema operacional e seleciona um terço de todo o poder de processamento?

Mineração – esta é uma carga muito grande, incluindo a capacidade do processador. Qualquer software que monitore o hardware mostrará serviços que exigem muito acesso aos recursos.

Vlacheslav Medvedev, um analista líder da Doctor Web, também disse à RBC que as estimativas do governo pareciam exageradas, pois isso implicaria em níveis de “epidemia”. Medveded disse ainda que o Bitcoin tornou-se muito grande e inadequado para a mineração, e os mineradores agora preferiam outras criptomoedas como Ethereum ou Monero. E-mails e sites infectados são as duas maneiras principais que os hackers usam para distribuir seu vírus.

 

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Questões sociais são desafio para debate do Bitcoin, diz autor de livro da Editora Portal do Bitcoin

Questões sociais são desafio para debate do Bitcoin, diz autor de livro da Editora Portal do Bitcoin

“Parte técnica você descreve como funciona e acabou. Nas vacas sagradas leva um bom tanto de desconstrução de conceitos”, diz Breno Brito
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Análise: o preço do Bitcoin está novamente sendo ditado pela política do Fed

“Análise dos últimos 40 dias revela uma maior alinhamento com as expectativas de taxa de juros para junho”, diz firma de análises CoinShares
Ilustração de baleia nadando com moeda de bitcoin em seu interior

Baleia movimenta R$ 321 milhões em Bitcoin pela 1ª vez em uma década

Quando o investidor desconhecido adquiriu os bitcoins em 2013, a cotação do ativo não passava de US$ 120
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários