Imagem da matéria: Ripple é melhor, mais rápido e mais barato que bitcoin, diz Estrategista-chefe da empresa
(Foto: Shutterstock)

Cory Johnson, ex-apresentador da Bloomberg e que desde março ocupa o cargo de estrategista-chefe de mercado da Ripple, disse em uma entrevista ao Benzinga que o XRP é o Bitcoin 2.0, pois é melhor, mais rápido e mais barato.

Johnson foi cofundador do TheStreet.com com Jim Cramer, da CNBC e já era bem conhecido no sistema financeiro tradicional antes de ir para o time da Ripple.

Publicidade

Durante a entrevista ele exaltou o token da Ripple.

“A tecnologia do XRP é como um Bitcoin 2.0. É um Bitcoin que é mais rápido. É um Bitcoin que não usa toneladas de energia. É um Bitcoin que não é controlado por mineradores chineses”.

Ele disse que mesmo que a Ripple labs um dia acabe, seu token irá prevalecer.

“Se a Ripple fosse embora, a família Johnson ficaria muito triste, mas a XRP continuaria a existir”.

Ele disse que as empresas, muitas delas iniciantes, têm usando o token como uma tecnologia básica para tentar encontrar novos negócios.

Sobre a diferença entre o token e a empresa, ele explicou:

“A diferença entre Ripple e XRP é como a diferença entre a Exxon (Exxon Mobil, empresa de petróleo) e seu óleo. São coisas completamente diferentes e ocasionalmente relacionadas”.

Ele disse que a Ripple é uma empresa de software e alguns dos programas implantam e usam a XRP, assim como a Exxon descobre e explora o uso de petróleo.

Publicidade

O XRP existe completamente separado do Ripple, disse o diretor, frisando que o token foi criado antes da Ripple e era um projeto fascinante para todos.

Mesmo passados seis anos da criação da Ripple, Johnson acredita que a empresa continua sendo uma ‘grande startup’ e que essa qualificação não é negativa. Ele considera que a empresa está pronta para qualquer inovação.

Ele disse:

“A Ripple é certamente é uma startup que tem muito mais tração do que algumas startups, mas definitivamente é uma startup, e foi a coisa certa que apareceu para mim”.

Bitcoin não é concorrente

Johnson não vê o Bitcoin ou outras criptomoedas como concorrentes da Ripple, mas sim a SWIFT, que é quem cria e padroniza canais de comunicação entre seus participantes para realização de transações financeiras internacionais.

Publicidade

“Neste momento estamos focados no nosso maior concorrente chamado Swift, que nunca lhe responde com rapidez alguma dúvida sobre sua transação, a que pé está”, disse o diretor.

Ele explicou que a pessoa tem que esperar dias por alguma informação, mas não agora com a Ripple que transaciona instantaneamente.

Na tarde de quarta-feira, no Twitter, Johnson fez propaganda da Ripple e criticou a atividade de mineração do bitcoin que, segundo ele, consome muita energia elétrica e contribui na emissão de carbono.

“Por favooor. Que tal reduzir as emissões de dióxido de carbono usando um ativo digital que não requer mineração (como # XRP )”.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

Publicidade
VOCÊ PODE GOSTAR
Paolo Ong, da SEC Filipinas

Termina prazo para saída da Binance das Filipinas e reguladores avisam: “Não há como sacar fundos após bloqueio”

“Não podemos endossar nenhum método de como retirar seu dinheiro agora que a ordem de bloqueio foi emitida”, disse o regulador filipino
Imagem da matéria: ETF de Bitcoin da BlackRock é o 3º mais investido por brasileiros no exterior

ETF de Bitcoin da BlackRock é o 3º mais investido por brasileiros no exterior

Produto da BlackRock fica atrás apenas dos ETFs que seguem o índice S&P 500 e o setor imobiliário dos EUA
Fusão da imagem de uma moeda de bitcoin com a bandeira do Paraguai

Senadores do Paraguai querem pausar toda atividade ligada ao Bitcoin; entenda

Projeto de lei quer que atividades como mineração, compra e venda de Bitcoin sejam suspensas por 180 dias
Casa à beira de rio no Butão

Governo de Butão vai intensificar mineração de Bitcoin no Himalaia com investimento de R$ 2,5 bi

O governo do país asiático vai apostar em hardwares de ponta para compensar os efeitos do halving do Bitcoin que acontece este mês