Imagem da matéria: Resumo da semana cripto: Ethereum supera Bitcoin à medida que os mercados descongelam
Ethereum supera Bitcoin à medida que os mercados descongelam. Imagem: Shutterstock

As empresas estão fazendo o possível para permanecer solventes durante o inverno criptográfico – congelando resgates, demitindo funcionários, cortando gastos, declarando falência, negociando aquisições – mas essas condições não impediram o aquecimento dos mercados na última semana.

O Bitcoin cresceu 8% nos últimos sete dias, para US$ 22.337, no momento em que este artigo foi escrito, mas a criptomoeda favorita do mundo foi amplamente superada pelo Ethereum, que explodiu 27%, para US$ 1.523.

Publicidade

A expectativa para a próxima atualização de rede do Ethereum – a chamada fusão – parece ter impulsionado seu crescimento, embora o Ethereum Classic (um fork do Ethereum baseado no livro-razão original, que inclui registros de um infame hack DAO de $ 55 milhões que foi apagado do Ethereum por voto da comunidade), subiu 80% esta semana, para US$ 27. Claramente, enquanto alguns compradores estão olhando para o futuro, outros estão se sentindo nostálgicos.

Outras blockchains com smart contracts de alta funcionalidade se saíram bem: Solana cresceu 9% para US$ 40,04, Cardano subiu 10% para US$ 0,47, Polkadot subiu 9% para US$ 7,25, NEAR Protocol aumentou 25% para US$ 4,26 e Avalanche subiu 23% para US$ 23,57.

Outros retomadas notáveis ​​da semana incluíram Chainlink, com alta de 9%, para US$ 6,78, Cronos, com alta de 9%, para US$ 0,12, e Bitcoin Cash, com alta de 15%, para US$ 121,07.

Nenhuma moeda líder sofreu perdas semanais significativas.

Mesmo com o aquecimento dos mercados, os sinais ainda sugerem que o inverno das criptomoedas está longe de terminar. Na semana passada, Celsius juntou-se ao outro credor Voyager e ao fundo de hedge cripto Three Arrows Capital no pedido de falência após semanas de rumores de insolvência. Esta semana, a bolsa de Cingapura Zipmex se tornou a mais recente a interromper os saques – depois de Vauld e Celsius.

Publicidade

Em notícias semelhantes, a Legion Strategies, um fundo de hedge afiliado à Skybridge Capital de Anthony Scaramucci, interrompeu os resgates dos investidores. A Legion Strategies possui ações da FTX de Sam Bankman-Fried. Cerca de 10% dos ativos de US$ 230 milhões do fundo mantidos sob gestão são criptomoedas.

A Blockchain.com se juntou às fileiras da Gemini, Coinbase e OpenSea anunciando demissões em massa que incluem o fechamento de sua operação na Argentina, interrompendo efetivamente os planos de expansão. A Coinbase também anunciou que está “desligando temporariamente” o programa de marketing de afiliados da empresa nos EUA para reduzir custos.

Na quarta-feira, surgiram notícias de que a fabricante de carros elétricos Tesla havia vendido 75% de seu Bitcoin, no valor de aproximadamente US$ 936 milhões. Em fevereiro de 2021, a empresa investiu US$ 1,5 bilhão em Bitcoin.

Elon Musk pode estar menos otimista com o Bitcoin, mas mais tarde ele observou que a Tesla ainda detém todo o seu Dogecoin, que, na semana, subiu cerca de 6%.

Publicidade

O Banco Central Europeu anunciou esta semana que as taxas de juros aumentariam em até 0,5% à medida que o bloco tenta conter a inflação furiosa que atingiu 8,6% em junho. Também significa o fim da taxa de juros negativa de -0,5% oferecida pelo BCE desde 2014. Os preços das principais criptomoedas sofreram um pequeno impacto nas notícias.

Por fim, Paraguai e Colômbia se aproximaram da regulamentação de criptomoedas, com a legislatura do Paraguai aprovando um projeto de lei para criar um ambiente fiscal e regulatório para mineradores de criptomoedas, enquanto a Colômbia lançou uma primeira versão do projeto de regulamentação, aberto à opinião pública.

*Traduzido com autorização do Decrypt.co.

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

VOCÊ PODE GOSTAR
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024
Imagem da matéria: Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

“Os números do CPI dos EUA desencadearam uma ruptura na faixa de ativos de risco”, disse a empresa de Cingapura QCP Capital sobre a alta do Bitcoin
Imagem da matéria: Como um trader cripto ganhou mais de US$ 100 mil com apenas dois tuítes

Como um trader cripto ganhou mais de US$ 100 mil com apenas dois tuítes

“Somente em criptomoeda.” A memecoin Pacmoon recompensou um usuário com um grande airdrop – que foi maior do que o esperado graças ao erro de um amigo
criptomoedas, criptoativos, regulação, Brasil, projeto de lei

Banco Central anuncia próximos passos da regulamentação do mercado cripto no Brasil

Sem definir datas, BC diz que irá fazer mais uma consulta pública no segundo semestre e um planejamento interno sobre stablecoins