Investidor gritando
Shutterstock

Depois de uma ligeira queda na semana anterior, Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) retomaram a tendência de crescimento em 2023 com ganhos modestos nesta semana. Durante todo esse tempo, no entanto, outras criptomoedas roubaram o show, com ganhos acima da média do mercado.

O Bitcoin (BTC) acrescentou pouco mais de 1% ao seu valor nos últimos sete dias, sendo negociado neste domingo (5) pouco acima de US$ 23.400. A dificuldade de mineração do criptoativo atingiu um novo recorde histórico esta semana, enquanto os mineradores continuam a implantar mais hardware, apesar do setor ser atingido pelo aumento dos preços da energia e uma recente onda de falências.

Publicidade

O preço das ações da MicroStrategy – empresa de software com reservas em Bitcoin – aumentou quase 100% desde o início de 2023 e subiu 12% em cinco dias nesta semana. O criador da MicroStrategy, Michael Saylor, é um grande investidor do Bitcoin e encheu o baú de guerra da empresa com 132.500 BTC – que valem hoje mais de US$ 3,1 bilhões.

Já o Ethereum (ETH) subiu 5% na semana e é negociado a US$ 1.680. A rede testou o recurso de saques de staking de sua aguardada atualização Shanghai, que finalmente permitirá que os validadores retirem seus ganhos. Esse validadores precisam apostar 32 ETH (quase US$ 54.000) para validar transações e ganhar recompensas.

Ambas as criptmoedas líderes de mercado caíram brevemente no início da semana em antecipação a outra rodada de aumentos das taxas de juros pelo BC dos EUA. No ano passado, o Fed elevou os juros em 75 pontos-base quatro vezes no total, antes de encerrar o ano com outro aumento de 50 pontos-base. Mas os preços se recuperaram rapidamente com as notícias de que último aumento, anunciado na quarta-feira, foi de apenas 25 pontos-base.

Altcoins se destacam no mercado

O token MATIC da rede Polygon subiu quase 10% durante a semana, sendo negociado a US$ 1,27. Mais NFTs individuais foram vendidos na Polygon do que na rede Ethereum por meio do mercado OpenSea pelo segundo mês consecutivo, em meio a um crescente impulso para marcas e jogos Web3 na plataforma.

Publicidade

Outras altas notáveis entre as 30 principais criptomoedas incluem Ethereum Classic (ETC), que disparou 9% para cerca de US$ 24; Cosmos (ATOM), que também subiu 9%; Litecoin (LTC) subiu 12% para cerca de US$ 99 e a especialmente a popular memecoin Shiba Inu (SHIB), que dispatou 29%, para US$ 0,00001513.

Render (RNDR), o token por trás da solução de renderização distribuída baseada em blockchain Render Network, disparou impressionantes 95% esta semana, depois que uma nova fundação foi formada e os eleitores da DAO do projeto aprovaram um novo modelo de tokennomics.

Enquanto isso, os detentores do LEO Token (LEO) sofreram pesadas perdas de mais de 11% nesta semana. O token de utilidade oficial da exchange cripto Bitfinex atualmente é negociado a US$ 3,41.

Traduzido pelo Portal do Bitcoin com autorização do Decrypt.

Já pensou em inserir o seu negócio na nova economia digital? Se você tem um projeto, você pode tokenizar. Clique aqui, inscreva-se no programa Tokenize Sua Ideia e entre para o universo da Web 3.0!

VOCÊ PODE GOSTAR
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”
Imagem da matéria: BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

Blockchain deve chegar com casos de uso: diploma digital pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa e uma cadeia de custódia de provas
Imagem da matéria: EUA acusam  2 chineses de lavarem US$ 73 milhões em esquema com criptomoedas

EUA acusam 2 chineses de lavarem US$ 73 milhões em esquema com criptomoedas

O Departamento de Justiça acusou Daren Li e Yicheng Zhang de orquestrar um esquema com criptomoedas de “abate de porcos”
Moeda de Ethereum na frente de gráfico

Ethereum pode surpreender positivamente nos próximos meses, diz Coinbase

Subindo menos que outras criptomoedas em 2024, o Ethereum pode se recuperar e superar seus pares nos próximos meses, avalia a Coinbase