Moeda de bitcoin com grafico ao fundo
Shutterstock

A distribuição da oferta de Bitcoin mostra uma “base firme de participações de investidores” abaixo de US$ 30 mil, sugerindo um forte suporte de preços para seu nível atual, de acordo com a plataforma de análise on-chain Glassnode.

Em um relatório publicado na segunda-feira (10), a empresa observou como a proporção de criptomoedas nos lucros/perdas atingiu 75:25, o que significa que apenas um quarto de todas as moedas foram compradas acima do preço atual do Bitcoin de cerca de US$ 30 mil.

Publicidade

Praticamente todos os membros dessa faixa são detentores de longo prazo que “são HODLers endurecidos pela batalha ou “propensos a criar resistência” para obter lucros à medida que o preço sobe, explicou a empresa..

“Podemos ver que o conjunto de oferta entre US$ 15 mil e US$ 30 mil é bastante significativo, demonstrando que um grande volume de criptomoedas mudou de mãos nos últimos 12 meses”, segundo a Glassnode. “Por outro lado, apenas 25% da oferta foi adquirida a preços acima de US$ 30 mil, pelos compradores do ciclo 2021-22.”

Bitcoin: Percentual do suprimento com lucro. Fonte: Glassnode

Para o Bitcoin, a proporção 75:25 representa um “ponto de equilíbrio” em que 50% de todos os dias de negociação registraram um saldo de lucros/perdas mais elevado e vice-versa.

De acordo com a Glassnode, o mercado normalmente leva tempo para digerir este nível uma vez que ele é atingido, com analistas referindo-se a este momento como um “período de acumulação” entre eventos de redução para metade.

Publicidade

Os períodos de acumulação, explica Glassnode, caracterizam-se pela falta de direções macro do mercado e de negociações laterais, mas voláteis, durante vários meses. O relatório comenta que “com o mercado de volta a este ponto de equilíbrio, resta saber se é necessário um processo igualmente longo e agitado para superá-lo”.

Além disso, a Glassnode também já analisou que o comportamento atual do Bitcoin está imitando o dos mercados em estágio inicial de alta. As moedas estão em uma “transferência contínua de riqueza de investidores com altas preferências de tempo para HODLers”, enquanto os detentores de BTC menores (<1 BTC) estão empilhando moedas com mais força do que desde o pico do ciclo de 2017.

Empresas de mineração, como a CleanSpark e a Iris Energy, fizeram questão estratégica de comprar infraestruturas para minerar o maior número possível de moedas nos próximos meses.

O banco britânico Standard Chartered, enquanto isso, acredita que, se os mineradores começarem a acumular suas moedas no próximo ano, a crise de oferta poderia enviar o preço do Bitcoin para US$ 120 mil até 2025.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

Aprovação do ETF de Ethereum pode acontecer antes do esperado, diz Coinbase

Maior exchange de criptomoedas dos EUA, a Coinbase está confiante de que a SEC aprovará ETFs de Ethereum à vista muito em breve, apesar do pessimismo mais amplo
simbolo do dolar formado em numeros

Faculdade de Direito da USP recebe evento da CVM sobre democratização dos mercados de capitais

Centro de Regulação e Inovação Aplicada (CRIA) da CVM vai a “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil” com transmissão ao vivo no Youtube
Imagem da matéria: Bitcoin cai mas analistas ainda acreditam que preço vai chegar a US$ 150 mil este ano

Bitcoin cai mas analistas ainda acreditam que preço vai chegar a US$ 150 mil este ano

A AllianceBernstein concorda com os analistas do Standard Chartered e acredita que o preço do BTC mais que dobrará nos próximos 18 meses
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin têm entrada de US$ 303 mi, impulsionados por Fidelity e Grayscale

Os fluxos de entrada de ETFs de Bitcoin à vista nos EUA atingiram uma alta de US$ 303 milhões em duas semanas, já que o preço do Bitcoin ultrapassou US$ 66 mil