Imagem da matéria: “Regulação do mercado de ativos digitais coloca o Brasil na vanguarda financeira”, diz Reinaldo Rabelo, CEO do Mercado Bitcoin
Foto: Shutterstock

O Banco Central encerrou na última quarta-feira (31), a primeira Consulta Pública sobre a regulação de ativos digitais, com a manifestação de toda sociedade, passando por pessoas físicas, associações e empresas.

O Mercado Bitcoin, maior plataforma de ativos digitais da América Latina, se manifestou no documento, tratando temas como a segregação patrimonial, custódia de ativos digitais e a seleção de ativos pelas corretoras cripto. Para o MB, a regulação, que deve ser totalmente implantada no Brasil até o fim do ano, dá mais segurança para investidores e operadoras de ativos digitais e coloca o país na vanguarda financeira.

Publicidade

“O BC foi bastante feliz ao trazer o tema da segregação patrimonial, que não estava presente na lei 14.478/2022. Casos como o da corretora FTX foram causados justamente pela falta de segregação. Isso permitiu que as plataformas misturassem dinheiro de clientes com os próprios recursos. O MB se pronunciou especialmente sobre esse tema. Acreditamos que podemos adotar o modelo já em uso no mercado tradicional, que segue normas da CVM. Também é importante que as chamadas VASPs adotem o padrão contábil Cosif, que é o mesmo usado por instituições financeiras, e passem por uma auditoria independente”, explica Reinaldo Rabelo, CEO do Mercado Bitcoin.

O executivo pontua também que a regulação coloca o Brasil na vanguarda financeira, porque a lei traz mais segurança para investidores, coloca as plataformas nacionais de ativos digitais em igualdade de mercado com as estrangeiras que oferecem produtos no país sem ter uma base local e regula ao mesmo tempo que permite a inovação.

“No quesito inovação, levantamos uma preocupação em relação à tecnologia que deveria ser adotada na custódia de ativos digitais. Para o MB, é importante que não seja definida uma tecnologia para a custódia, porque esse é um mercado dinâmico e novas ferramentas surgem constantemente”, diz Rabelo.

O MB também se manifestou sobre a necessidade de as plataformas adotarem critérios rigorosos no momento de listar ativos digitais. Da mesma forma que as instituições devem conhecer seus clientes, elas também devem conhecer o desenvolvedor dos projetos para ter certeza que esses não estão ligados a atos ilícitos, como a lavagem de dinheiro e o financiamento ao terrorismo, nem que sejam mais um projeto ruim no seu histórico.

Publicidade

“Essa Consulta é o primeiro passo para que o BC e a sociedade avancem na construção de um ecossistema de ativos digitais sólido e dinâmico”, conclui Rabelo.

VOCÊ PODE GOSTAR
jogo hamster kombat em tela de celular

Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code desta sexta (19)

Procurando o combo diário e o código cifrado de sexta-feira, 19 de julho? Aqui está o que você precisa para ganhar moedas no jogo Hamster Kombat do Telegram
Logotipo da BlockFi na tela de computador

BlockFi vai distribuir criptomoedas para 100 mil credores este mês

Clientes elegíveis receberão uma notificação no e-mail da conta BlockFi registrada
Imagem da matéria: Comércio pré-mercado de Hamster Kombat expande à medida que o lançamento se aproxima

Comércio pré-mercado de Hamster Kombat expande à medida que o lançamento se aproxima

Bybit é a mais recente exchange a entrar na disputa, permitindo a negociação de pontos do jogo antes do lançamento do token on-chain
Imagem da matéria: 7 altcoins que estão superando a recuperação do mercado de criptomoedas

7 altcoins que estão superando a recuperação do mercado de criptomoedas

A temporada das altcoins está começando? Embora as criptomoedas de primeira linha estejam de lado, algumas altcoins registram ganhos impressionantes de até 11% hoje