Imagem da matéria: Ranking Mostra Quais Corretoras de Criptomoedas Têm Sistema de Senhas Mais Seguras
Resultado foi considerado alarmante (Foto: Pixabay)

A empresa de segurança digital Dashlane divulgou os resultados da primeira pesquisa anual “Cryptocurrency Exchange Password Power Rankings™”. Foram examinadas a segurança de senhas e contas usadas nas 35 plataformas de negociação de criptomoedas mais populares no mundo. O resultado foi considerado é alarmante. Em 70% das exchanges é possível criar senhas que a Dashlane classifica como fracas.

No estudo, feito em março, foram avaliados cinco critérios. Apenas dez plataformas atingiram a pontuação máxima: Bitcoin.de, BitMEX, BTCC, Cobinhood, Coinbase, Cryptopia, Gemini, Huobi, itBit e Paxful. Empresas conhecidas como as Binance e Poloniex foram consideradas com falhas. Nenhuma exchange brasileira participou da pesquisa.

Publicidade

A Dashlane descobriu que 43% das plataformas permitem que os usuários criem contas cujas senhas têm menos de oito caracteres. Em 34% delas, as senhas exigidas sequer precisam ser alfanuméricas. Os pesquisadores identificaram, inclusive, o uso de senhas como “111111” ou com a palavra “password” (senha).

Também foi registrada a falta de ferramentas de fortalecimento das senhas, confirmação ou ativação por e-mail ou autenticação em duas etapas. Menos da metade das exchanges oferecem, por exemplo, barras coloridas (que indicam o quanto a senha escolhida pelo usuário é forte).

 

A Dashlane indica que ações simples podem fortalecer a segurança dos usuários. As dicas são:

  • Usar uma senha exclusiva para cada conta on-line;
  • Gerar senhas com pelo menos oito caracteres;
  • Combinar letras e números, além de usar caracteres em maiúsculas e minúsculas;
  • Evitar senhas que contenham frases, gírias, lugares e nomes comuns;
  • Usar um gerenciador de senhas para ajudar a gerar, armazenar e gerenciar as senhas.

“Inscrever-se numa Exchange de criptomoedas é como se inscrever numa conta bancária”, afirma Emmanuel Schalit, CEO da Dashlane. “Com sua conta bancária, cartões de crédito, bitcoins e outros ativos digitais potencialmente armazenados na bolsa, é fundamental que sua conta seja protegida através de medidas de segurança. O fato de a maioria das trocas permitir que seus usuários criem senhas incrivelmente fracas deve servir como um alerta para toda a indústria”, completou o executivo na publicação feita pelo próprio blog da Dashlane.

Leia também: Análise Técnica Bitcoin 28/03/18

 

BitcoinTrade

BitcoinTrade é a plataforma mais segura do Brasil para comprar e vender Bitcoin e Ethereum, junte-se agora a mais de 135 mil clientes satisfeitos. Gerencie também suas moedas digitais utilizando nosso aplicativo para dispositivos com iOS ou Android. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Moeda prateada da Chainlink com reflexo em um fundo roxo

Chainlink sobe 18% ao lançar projeto piloto em Wall Street com JP Morgan, BNY Mellon e DTCC

A DTCC anunciou que acaba de concluir um projeto piloto de tokenização com gigantes de Wall Street, como JP Morgan e BNY Mellon, aproveitando o CCIP da Chainlink
Cachorro Shiba Inu que inspitou Dogecoin

Kabosu, a cachorrinha que inspirou a Dogecoin, falece aos 18 anos

Kabosu sofria de doença crônica e já era muito idosa; segundo sua dona, a cachorrinha “faleceu silenciosamente”
Arte de robô observando por trás usuária de computador

Novo PC da Microsoft que grava tudo é “spyware” e será alvo de hackers, alertam especialistas

Os críticos dizem que novo PC centrado em IA da Microsoft é um pesadelo de privacidade
dupla de homens sendo presa

Irmãos são presos por roubo de R$ 130 milhões em ataque de 12 segundos na rede Ethereum

O procurador americano Damian Williams disse que “este suposto esquema era novo e nunca havia sido acusado antes”