Imagem da matéria: PT registra propostas de Lula e Haddad na blockchain para combater fake news
Fernando Haddad e Lula (Foto: Divulgação/PT)

O Partido dos Trabalhadores (PT) recorreu à tecnologia das criptomoedas para garantir a autenticidade dos planos de governo de seus dois principais candidatos no segundo turno: Lula para a Presidência da República e Fernando Haddad para o governo do estado de São Paulo.

Uma nota publicada nesta quarta-feira (26) no site de Haddad confirma que os planos de governos de ambos os candidatos foram registrados em blockchain

Publicidade

“Uma tecnologia inovadora e incorruptível de registros distribuídos por computadores pelo mundo todo que também está por trás da moeda Bitcoin, e vem sendo apontada como solução para cidades inteligentes e governos transparentes”, descreve a nota.

O texto diz que o intuito de usar a tecnologia é um recurso contra o que classificam de “rede bolsonarista de ódio e mentiras” que, segundo o partido, vem modificando digitalmente as propostas dos candidatos do PT para “manipular” eleitores que vão votar nas eleições deste domingo (30).

Blockchain nas eleições

A tecnologia blockchain já foi usada por Fernando Haddad nas eleições de 2018, quando ele tentava se eleger presidente. Ele registrou seu plano de governo na blockchain Decred, usada mais uma vez nesta eleição.

 “Os Planos de Governo foram registrados em uma criptomoeda aberta, progressiva e autofinanciada com um sistema de governança baseado na comunidade, integrado ao seu blockchain, a Decred, e podem ser baixados no TSE e conferidos no verificador da Decred.”

Publicidade

Para provar a autenticidade das propostas de governo, foi feita a transferência dos arquivos para a blockchain, o que gerou códigos de identificação dos documentos (também conhecidos como hashs), que são únicos.

Vinicius Russo e Fernando Henriques, desenvolvedores por trás da iniciativa, explicam ser “muito simples” verificar se os planos de governos são autênticos.

“Basta subir o arquivo do Plano de Governo que você pode ter recebido por WhatsApp, e-mail etc, no site da Decred, e comparar o código que aparece (o “digest”) com o código disponível no site do Lula e do Haddad”. 

O hash do plano original do Haddad verificável no Decred é: 8d09ed1d25892d2e4c4ce2b486dacaea792bb5cfd92de9e026e8899620d81953.

Quer investir em ativos digitais, mas não sabe por onde começar? O Mercado Bitcoin oferece a melhor e mais segura experiência de negociação para quem está dando os primeiros passos na economia digital. Conheça o MB!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Viden.vc investe na Liquidium, plataforma que permite empréstimos na rede Bitcoin

Viden.vc investe na Liquidium, plataforma que permite empréstimos na rede Bitcoin

A Liquidium é o segundo investimento da Viden em empresas que desenvolvem a tecnologia para o ecossistema financeiro do Bitcoin – o primeiro foi na Magisat
Imagem da matéria: EUA tentam recuperar R$ 13 mi que golpistas enviaram à Binance para cometer lavagem de dinheiro

EUA tentam recuperar R$ 13 mi que golpistas enviaram à Binance para cometer lavagem de dinheiro

Esquema usando o golpe de “abate de porcos” lavou US$ 2,5 milhões em USDT, da Tether, em duas contas na Binance
Tigran Gambaryan, chefe de compliance da Binance, posa para foto

Deputados pedem que EUA tratem diretor da Binance preso na Nigéria como refém

Numa resolução apresentada ao Congresso, os deputados French Hill e Rich McCormack apelaram à libertação de Tigran Gambaryan
Imagem da matéria: Ethereum (ETH) deve passar de US$ 5 mil com estreia dos ETFs, diz Bitwise

Ethereum (ETH) deve passar de US$ 5 mil com estreia dos ETFs, diz Bitwise

Firma de investimentos entende que a alta do ether terá três motores principais; confira abaixo