Imagem da matéria: Próxima grande alta do bitcoin pode chegar a US$ 140 mil, diz analista
(Foto: Shutterstock)

A próxima grande alta do Bitcoin pode atingir US$ 140 mil de acordo com vídeo de uma análise logarítmica do trader Benjamin Cowen.

A previsão de Cowen, que tem 10 mil inscritos em seu canal no Youtube, baseia-se em uma análise retrospectiva do desempenho do BTC até agora, especialmente em relação aos dois últimos halvings.

Publicidade

O Bitcoin geralmente passa por fases de alta muito rápidas, embora o tempo delas varie e o halving não garanta uma disparada imediata.

Cowen também observou que a cada ciclo do halving, o preço tende a entrar em um mercado de baixa na sequência. O ciclo atual, portanto, pode ter anos de movimentos laterais ou revisitando níveis ainda mais baixos.

Se o BTC entrar no caminho certo, com base no desempenho anterior, a criptomoeda pode superar os US$ 100.000 após o halving de 2020. Posteriormente, em um novo mercado em baixa, o preço poderia devolver alguns desses ganhos.

Gráfico compartilhado no vídeo de Benjamin Cowen

Para Cowen, o próximo ano ainda será um ano sem muita emoção, com o grande rali de alta ganhando força apenas em 2021 e 2022.

Publicidade

Em quase todos os cenários, uma estratégia de “hodling” expôs os traders a um potencial de multiplicar seus investimentos em 10x nos eventos passados, o que pode voltar a acontecer caso o bitcoin seja negociado acima dos US$ 100.000.

Desde dezembro de 2017, quando o bitcoin atingiu a máxima histórica de US$ 20.000, ele segue em queda tendo atingido US$ 3.000 no final de 2018. No ano atual o mercado teve uma boa recuperação mas ainda segue 60% abaixo da máxima.

O que é o halving do bitcoin

A cada bloco de bitcoin minerado atualmente são produzidos 12,5 novos bitcoins. Cada novo bloco ocorre, em média, a cada 10 minutos, logo, 1800 novos bitcoins são criados a cada dia.

A cada 210.000 blocos (aproximadamente 4 anos), de acordo com o código do bitcoin, a rede reduz a recompensa dos blocos em 50%. A mais recente ocorreu em julho de 2016, quando caiu de 25 para 12,5 bitcoins por bloco. A próxima será em meados de 2020.

Publicidade

Em entrevista ao Coindesk, Hwang disse que considerava sua estimativa de demanda conservadora, e projeta um aumento na demanda por bitcoin em OTC.

Como foram os primeiros halvings

Os dois primeiros halvings do bitcoin, em 2012 e 2016 ajudaram a impulsionar grandes altas no preço da moeda. Em 2012, quando aconteceu o primeiro, o BTC era cotado por volta dos US$ 10, chegando a mais de US$ 1.000 no ano seguinte.

Em 2016, o bitcoin era negociado por volta dos US$ 600 durante o halving. No ano seguinte bateu a máxima histórica de US$ 20.000.


BitcoinTrade: Depósitos aprovados em minutos!

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em menos de 5 minutos! Acesse: bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Anic de Almeida Peixoto Herdy é casada com herdeiro da Unigranrio

Herdeira é sequestrada em Petrópolis e criminosos exigem resgate em Bitcoin

Técnico de informática amigo do casal conversou com sequestradores por entender de criptomoedas e foi preso por suspeita de envolvimento
Imagem da matéria: Questões sociais são desafio para debate do Bitcoin, diz autor de livro da Editora Portal do Bitcoin

Questões sociais são desafio para debate do Bitcoin, diz autor de livro da Editora Portal do Bitcoin

“Parte técnica você descreve como funciona e acabou. Nas vacas sagradas leva um bom tanto de desconstrução de conceitos”, diz Breno Brito
Ilustração de baleia nadando com moeda de bitcoin em seu interior

Baleia movimenta R$ 321 milhões em Bitcoin pela 1ª vez em uma década

Quando o investidor desconhecido adquiriu os bitcoins em 2013, a cotação do ativo não passava de US$ 120
Imagem da matéria: '101 Perguntas sobre Bitcoin': Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

‘101 Perguntas sobre Bitcoin’: Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

A obra discorre os princípios técnicos da moeda até suas implicações socioeconômicas no contexto atual, de modo a proporcionar um entendimento profundo ao público geral