Imagem da matéria: O preço do Bitcoin estaria sendo manipulado? Entenda a relação com o vencimento dos futuros na CME
Foto: Shutterstock

O preço do bitcoin teve alta de 42% na sexta-feira (25). No mesmo dia, o contrato futuro de Bitcoin na CME venceu às 16h de Londres (meio-dia de Brasília), trazendo forte oscilação. Teria sido coincidência? Como foi a reação do mercado nos meses anteriores?

Como é feito o cálculo do vencimento?

Publicidade

O preço do contrato é calculado pela média de valores da última hora que precede às 16h de Londres, sempre na última sexta-feira do mês. Quando cai em feriado simultâneo Londres e EUA, a data é antecipada em um dia útil.

Após este cálculo o que ocorre?

Os contratos em aberto, ou seja, quem não havia zerado a posição, tem liquidação financeira 3 dias após o vencimento. Exemplo: se alguém havia comprado ao preço de US$ 8.000 e o vencimento deu-se no valor de US$ 9.000, esta pessoa receberá US$ 1.000 de ganho. Quem perde é a pessoa que havia vendido este contrato ao preço de US$ 8.000

Quer dizer que é rouba monte?

Sim, todo contrato futuro possui um comprador e um vendedor, ao mesmo preço, sempre. Ambos são obrigados a depositar margem (garantia) e a liquidação, no caso da CME, é apenas financeira. Não há Bitcoins verdadeiramente envolvidos, trata-se apenas de uma aposta especulativa. Isto já não é verdade na BAKKT, conforme explicamos neste outro artigo.

Ok, agora que deixamos claro do que estamos falando, vamos aos gráficos:

25/Out/2019: pump de 13% iniciando aproximadamente 30 minutos após o vencimento

27/Set/2019: dia de baixa volatilidade, oscilações normais numa variação de US$ 100

30/Ago/2019: dia de baixa volatilidade, oscilações normais numa variação de US$ 150

26/Jul/2019: pump de 4% aproximadamente 9 horas após o vencimento, sem aparente relação

28/Jun/2019: mercado se recuperava após uma queda de 25% no dia anterior, sem oscilação no vencimento

31/Mai/2019: mercado em leve recuperação, oscilando num range de US$ 300

Há um padrão de queda na véspera do vencimento?

Recentemente, a Arcane Research fez um relatório afirmando que nas 40 horas anteriores ao vencimento houve uma queda superior a 1% em 11 dos últimos 20 vencimentos. É importante ressaltar que no período analisado tivemos alta em apenas 6 destes 20 períodos. Ou seja, a medida foi realizada majoritariamente num bear market (mercado de baixa), além do período de 40 horas ser completamente arbitrário.

O que podemos concluir?

Analisando as 24 horas anteriores e posteriores ao vencimento, não foi possível observar nenhum tipo de padrão ou evidência de picos de volatilidade. É importante ressaltar que o volume médio diário na CME é em torno de 20.000 BTCs, frente a 270.000 da Bitmex e 40.000 da Binance. Em resumo: não é possível afirmar que há uma correlação entre vencimento e uma tendência definida de preços.

Publicidade

Sobre o autor

Marcel Pechman atuou como trader por 18 anos nos bancos UBS, Deutsche e Safra. Desde maio de 2017, faz arbitragem e trading de criptomoedas, além de ser cofundador do site de análise de criptos RadarBT

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: História indica que 3º trimestre é o pior para o Bitcoin, mas será que 2024 vai surpreender?

História indica que 3º trimestre é o pior para o Bitcoin, mas será que 2024 vai surpreender?

Terceiro trimestre é historicamente o período de menor ganho para o Bitcoin, mas uma possível queda de juros nos EUA pode mudar o cenário em 2024
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se mantém em US$ 63 mil enquanto Mt. Gox move US$ 2,8 bilhões

Manhã Cripto: Bitcoin se mantém em US$ 63 mil enquanto Mt. Gox move US$ 2,8 bilhões

Especialistas estão confiantes na capacidade do mercado absorver qualquer pressão de venda que possa vir dos credores da Mt. Gox
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

Manhã Cripto: ETFs de Bitcoin chegam ao 9º dia consecutivo de entradas

Os ETFs de Bitcoin negociados nos EUA já captaram US$ 1,9 bilhão nos últimos nove dias
Imagem da matéria: 5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

Apesar da recente queda do mercado de criptomoedas, vários catalisadores oferecem uma oportunidade para os investidores de longo prazo que buscam um alívio