Imagem da matéria: Plataforma de tokenização Liqi contrata executiva do banco BV para compliance
Foto: Shutterstock

A Liqi, plataforma de tokenização de ativos por meio da tecnologia da Blockchain, anunciou a contratação da executiva Rita Casolato, que irá assumir o cargo de CCO (Chief Compliance Officer) na startup.

Formada em administração e com MBA FIA Compliance e Gestão de Risco de Fraude, Rita está há 20 anos no mercado financeiro e já passou por grandes instituições nos segmentos de crédito e atendimento. Além disso, desde 2017, foi responsável pela estruturação das Operações de Prevenção a Fraudes no banco BV em diversos produtos do segmento.

Publicidade

“Juntos seremos responsáveis por implementar o programa de Compliance, além de consolidarmos códigos de ética e políticas norteadoras que serão realizadas,  através do mapeamento de fatores de risco. Outro papel importante a ser feito, será a análise e a gestão do risco de fraude para o negócio, trazendo solidez e segurança para todos os envolvidos”, afirma Rita.

Após comandar Prevenção a Fraudes no banco BV, Rita Casolato assume como CCO da Liqi
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza e ETFs captam US$ 130 milhões, maior entrada em quase um mês

Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza e ETFs captam US$ 130 milhões, maior entrada em quase um mês

Os ETFs de Bitcoin não registravam uma captação tão grande de fundos desde 7 de junho
Sigla ETF ao lado de moeda dourada de Ethereum

ETFs de Ethereum na semana que vem? Veja a projeção de quando os fundos devem estrear nos EUA

Mercado aguarda ansioso desde maio pela estreia dos ETFs de Ethereum à vista nos EUA
Imagem da matéria: Polkadot gasta US$ 37 milhões com marketing e revolta parte da comunidade

Polkadot gasta US$ 37 milhões com marketing e revolta parte da comunidade

Quanto é demais para gastar em marketing de criptomoedas? Usuários e desenvolvedores da Polkadot debatem em meio às queixas
Imagem da matéria: Dificuldade de mineração do Bitcoin cai 7,8%, maior recuo desde o colapso da FTX

Dificuldade de mineração do Bitcoin cai 7,8%, maior recuo desde o colapso da FTX

O recuo substancial do preço do Bitcoin desde março prejudicou a renda do setor de mineração em geral