Imagem da matéria: Pirâmide financeira que vendia lotes de mineração de Bitcoin gera prejuízos na Coreia do Sul
(Foto: Shutterstock)

A polícia da Coréia do Sul está investigando o que aparentemente foi mais um golpe envolvendo criptomoedas como chamariz. No caso, a empresa Ethlot.me oferecia a possibilidade de clientes comprarem contas de mineração de Ethereum e Bitcoin em supostas fazendas de mineração que mantinham as máquinas na Rússia e Cazaquistão.

Mas tudo indica que era uma pirâmide: desde o dia 3 de junho a empresa sumiu, fechando o escritório e derrubando suas páginas na internet, segundo reportagem do portal Criptonoticias publicada na segunda-feira (28).

Publicidade

Conforme reportagem do portal sul-coreano Yonhap News, a unidade de crimes financeiros da Polícia Metropolitana de Seul está investigando o caso. A companhia abriu um escritório na capital do país em novembro do ano passado e começou a captar investidores em janeiro desse ano.

Promessa de retorno

A empresa usava táticas tradicionais de pirâmide financeira, com a oferta de um retorno de 0,7% a 3% diariamente e fez anúncios de publicidade em ônibus e metrôs de Seul. Além disso, publicaram vídeos em redes sociais mostrando as instalalções onde supostamente ocorria a mineração de criptomoedas.

Os golpistas formaram quatro salas de bate-papo para atender os investidores, sendo o contato cada vez mais personalizado conforme o investimento feito.

Os investidores VIP inclusive foram recepcionados em uma festa no Shilla Hotel, o que fez com que tivessem ainda mais a confiança no golpe.

Publicidade

A Delegacia de Polícia de Seocho, a jurisdição do escritório da empresa, recebeu uma denúncia coletiva de cerca de 20 vítimas. Agora, com as investigações em curso, as autoridades estimam que o número de pessoas lesadas possa chegar a até 2 mil.

VOCÊ PODE GOSTAR
ilustração mostra logo da pepecoin PEPE subindo ao céu

PEPE e BONK valorizam mais de 30% nas últimas 24 horas

Memecoin PEPE bateu sua máxima histórica nesta terça-feira (21), em momento de forte aquecimento do mercado cripto
Ilustração de uma lâmpada flamejando B de bitcoin

MB lança Fist, primeiro token de Renda Variável Digital no setor de energia elétrica

O investimento, disponível pela primeira vez para pessoa física, possui validade de 30 anos, com dividendos que variam de 0,9% a 1,2% ao mês
celular com logo GameStop com fundo azul

Trader transforma US$ 27 mil em US$ 2 milhões ao antecipar alta da GameStop

O súbito ressurgimento das ações “memes” nesta semana rendeu uma pequena fortuna aos traders que nunca desistiram das loucuras de 2021
Bandeira da Argentina com moeda de Bitoin do lado

Argentina se reúne com autoridades de El Salvador para discutir adoção de Bitcoin

Há cerca de três anos, El Salvador se tornou o primeiro país do mundo a incorporar o Bitcoin, junto com o dólar, como moeda oficial