Imagem da matéria: Petro venezuelano será emitido em Ethereum e fará Fork no código da Decred

Segundo o projeto do Petro (PTR), a moeda digital do governo venezuelano será emitida por meio de uma ICO, utilizando tokens e Smart Contracts da Ethereum para facilitar a sua implementação. Quando a fase de arrecadação terminar, os tokens serão migrados para uma Blockchain própria e gerenciada pelo Estado venezuelano, que será criada com um fork da rede da Decred.

O documento, que detalha todas as especificações do projeto, aponta que o Petro será inicialmente um Token ERC-20 da Ethereum, mas que logo migrará para uma Blockchain fork da Decred, com futura integração à CounterParty.

Publicidade

De acordo com o whitepaper, a rede da Petro será criada para dar mais flexibilidade à criptomoeda e poder governa-la da melhor forma: ”Uma rede particular para o Petro quebra as barreiras de implementação e uso em comparação aos os tokens ERC20, permitindo a segurança das transações por meio de um sistema autorizado”.

O texto também sugere que a rede Petro será assegurada e alcançará consenso com um mecanismo de Proof of Stake (POS) com nodos oficiais, muito parecido com o sistema da Lisk, sem o Proof of Work (POW) usado no Bitcoin, ou seja, sem mineração em computadores.

O whitepaper ainda fala que o ” A rede da Petro será desenvolvida a partir do código fonte de uma moeda preexistente com variações pontuais para fazer desnecessária a mineração POW e suas recompensas, reduzir as taxas por transação e aumentar a velocidade de confirmação. A equipe realizará um fork com base no código da Decred para iniciar a rede do Petro, já que a rede da Decred permite estabelecer políticas de governança em cadeia e possui um design inteligente e bem feito, sendo uma implementação lima do protocolo de cadeia de blocos.

A rede do Petro ainda será capaz de criar Tokens e contratos inteligentes baseada em uma solução já existente, chamada Coounterparty, que permitirá a criação de tokens para ”aproveitar a criatividade venezuelana e desenvolver novos modelos locais ou de países emergentes que queiram participar desse desenvolvimento tecnológico revolucionário”.

Publicidade

O lançamento da rede da Petro baseada no código da Decred está marcado para Abril desse ano e a integração com a CounterParty será no mês de Julho.

 

VOCÊ PODE GOSTAR
Tigran Gambaryan, chefe de compliance da Binance, posa para foto

Deputados pressionam Biden para trazer de volta aos EUA executivo da Binance detido na Nigéria

Em carta ao executivo, os deputados alegam que Tigran Gambaryan está na condição de refém do governo da Nigéria e corre risco de morrer de malária
Changpeng "CZ" Zhao, CEO da Binance

Fundador da Binance, Changpeng Zhao começa a cumprir pena nos EUA

Changpeng “CZ” Zhao foi condenado a 4 meses de prisão por não implementar medidas de prevenção à lavagem de dinheiro na corretora
Edificio do BCE

Manhã Cripto: Bitcoin segue alta e busca máxima histórica com corte de juros na Europa

Banco Central Europeu (BCE) reduziu 25 pontos percentuais de cada uma das suas três principais taxas de juros
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Trump se apresenta como ‘criptopresidente’ em evento de arrecadação de fundos

O candidato presidencial republicano dobrou sua postura pró-cripto durante evento em São Francisco, EUA