Imagem da matéria: PayPal passa a oferecer mais de 100 criptomoedas com nova parceria
(Foto: Shutterstock)


O gigante dos pagamentos online, PayPal, está expandindo suas ofertas de criptomoedas, unindo forças com a empresa cripto MoonPay para oferecer acesso a mais de 100 ativos digitais a seus mais de 426 milhões de clientes.

Ao incluir criptomoedas dentro do aplicativo PayPal, as regras bancárias podem não mais ser uma barreira.

Publicidade

“Frequentemente, compras de criptomoedas falham quando os usuários tentam usar seus cartões de débito diretamente devido a certas restrições bancárias”, disse um porta-voz da MoonPay. “A parceria da MoonPay com o PayPal oferece uma solução, aumentando significativamente a taxa de sucesso das transações de criptomoedas, mesmo ao usar o mesmo cartão de débito”.

A MoonPay acrescentou que os clientes do PayPal poderão comprar criptomoedas sem ter que fornecer separadamente suas informações pessoais ou de cartão à MoonPay.

Os clientes do PayPal anteriormente podiam comprar Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), PayPal USD (PYUSD), Bitcoin Cash (BCH) e Litecoin (LTC). Com o acordo da MoonPay, os clientes também terão acesso a Solana (SOL), Tether (USDT), Dogecoin (DOGE), Cardano (ADA), Polygon (MATIC) e mais.

Segundo a MoonPay, clientes dos EUA em todos os 50 estados poderão comprar criptomoedas na plataforma PayPal usando seu saldo da conta, retirada bancária direta ou cartão de débito.

Até hoje, 50% dos usuários dos EUA podem acessar a integração do PayPal, disse a empresa. A MoonPay promoveu maior flexibilidade e escolha, uma variedade de suporte a tokens, integração sem problemas e conveniência.

Publicidade

“Diferente de outras soluções que limitam as compras do PayPal para PYUSD ou ETH, usuários com uma conta do PayPal podem comprar e vender mais de 110 criptomoedas diferentes via MoonPay”, acrescentou o porta-voz da empresa.

A MoonPay disse que utiliza uma abordagem multifacetada para operar dentro da lei, incluindo controles de IP, monitoramento de blockchain e um robusto processo de KYC.

“A MoonPay leva seu compromisso com a conformidade e regulamentos a sério, e manter controles de conformidade de nível bancário é uma maneira de demonstrar esse compromisso”, disse o porta-voz da MoonPay.

Paypal no meio cripto

O PayPal anunciou pela primeira vez planos de trazer criptomoedas para a plataforma em outubro de 2020.

“Estamos felizes em anunciar que todos os titulares de contas do PayPal elegíveis nos EUA agora podem comprar, manter e vender criptomoedas diretamente com o PayPal”, disse a empresa na época, acrescentando que os pagamentos serão convertidos em moeda fiduciária no ponto de venda.

Publicidade

Em abril de 2021, o PayPal adicionou opções de compra de criptomoedas à sua plataforma de pagamento social Venmo, seguido por um lançamento no Reino Unido em agosto de 2021.

Embora o PayPal inicialmente tenha restringido os clientes de transferir seus ativos digitais para fora da plataforma, a empresa começou a permitir que os usuários transferissem Bitcoin e Ethereum para carteiras externas em junho de 2022.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Pavel Durov detém 1% do maior token de jogo deste ano, doado pelos jogadores. E ele não está vendendo seus Notcoin – não agora, pelo menos
Imagem da matéria: Epik Duck: Conheça o projeto que foi de piada a memecoin de US$ 25 milhões

Epik Duck: Conheça o projeto que foi de piada a memecoin de US$ 25 milhões

Memecoins como a EPIK estão se tornando cada vez mais populares no universo das criptomoedas. Isso é bom ou ruim?
Imagem da matéria: Mercado Bitcoin anuncia três novas listagens: BVM, RIO e AEVO

Mercado Bitcoin anuncia três novas listagens: BVM, RIO e AEVO

As novidades ampliam as opções de investimento na plataforma que já somam mais de 220 ativos
Antônio Ais posa para foto ao lado de carro

Criador da Braiscompany, Antônio Neto Ais é solto na Argentina

O benefício de prisão domiciliar valerá até que o processo de extradição para Brasil seja resolvido